odos os dias teremos uma palavra da língua portuguesa para enriquecer o vocábulo de nossos leitores…

06 de dezembro
inflexo
in·fle·xo
(cs) adj 1 Que se inflectiu; inclinado. 2 BOT Diz-se do órgão curvado ou dobrado para cima ou para dentro.

05 de dezembro
silício
si·lí·ci·o
sm QUÍM Elemento químico não metálico, acinzentado, abundante na crosta terrestre, de número atômico 14, peso atômico 28,06, utilizado em aços de grande dureza e em semicondutores. Símbolo: Si.

02 de dezembro
deflagrar
de·fla·grar
vtd 1 Causar ou iniciar deflagração de (NR). vtd e vint 2 Fazer arder ativamente com chama intensa e com explosão: O fogo deflagrou a refinaria por toda a noite. O barril de explosivos deflagrou perigosamente. vtd e vint 3 FIG Fazer surgir subitamente: “[…] publicaria um desmentido da nota que deflagrou todo esse contratempo” (CA). Sua alergia costuma deflagrar na primavera. Vtd 4 QUÍM Propagar um incêndio ou uma explosão em material de alta combustão: O contato do gás com o fogo deflagrou a explosão.

30 de novembro
infausto
in·faus·to
adj 1 Que não é fausto; marcado pela infelicidade; calamitoso, desventurado, desditoso, infeliz. 2 POR EXT Que anuncia ou traz desgraça, fatalidade; de mau agouro; adverso, agourento, aziago.

29 de novembro
ludibriar
lu·di·bri·ar
vti 1 Tratar com ludíbrio ou zombaria; escarnecer: A moça ludibriava dos fracos e pobres. vtd e vpr 2 Enganar ou lograr alguém ou a si mesmo, geralmente por meio de dissimulação: iludir(-se), tapear(-se): O vigarista ludibriava seus parceiros no jogo de cartas. Ludibriava-se, fingindo acreditar que ele a amava.

28 de novembro
chicana
chi·ca·na
sf 1 JUR Abuso dos recursos, expedientes e formalidades da justiça. 2 JUR Atrasos de andamento, bloqueios e outras dificuldades (cavilação, tramoia, enredo etc.) encontrados em questões judiciais, em geral provenientes de argumentos sustentados em detalhes ou aspectos pouco relevantes. 3 JUR, PEJ O processo judicial em si. 4 JUR Contestação sem fundamento, mal-intencionada. 5 POR EXT Sutileza capciosa em disputa; tramoia: “[…] nos seus semblantes transluzia um certo ar de majestade forense, seus olhares calculados e sagazes significavam chicana” (MAA). 6 AUTOM Trajeto em zigue-zague, construído com uma sequência de obstáculos. 7 AUTOM Cada um desses obstáculos.

25 de novembro
afã
a·fã
sm 1 Trabalho intenso e que causa desconforto; faina, lida. 2 Dedicação na execução de algo; empenho, zelo. 3 Muita pressa; açodamento, afobação. 4 Sentimento de aflição; ansiedade.

24 de novembro
capiroto
ca·pi·ro·to
REL, TEOL Espírito ou gênio do mal; anjo mau. REL, TEOL O anjo rebelde que, segundo a crença cristã, foi banido do céu e lançado no inferno; anhangá, anhanguera, anjo das trevas, anjo mau, anjo rebelde, arrenegado, atentado, azucrim, beiçudo, belzebu, bicho, bruxo do inferno, bute, cafuçu, cafute, caneco, canheta, canhim, canhoto, cão, cão-miúdo, capeta, capete, capirocho, capiroto, careca, cifé, coisa, coisa à toa, coisa-má, coisa-ruim, cujo, debo, decho, demo, demônio, diá, diabro, diacho, diale, dialho, diangas, dianho, diogo, dragão, droga, dubá, ele, espírito das trevas, espírito maligno, excomungado, exu, fute, futrico, gato-preto, gênio das trevas, gênio do mal, grão-tinhoso, indivíduo, inimigo, Lúcifer, mafarrico, manfarrico, maioral, maldito, mal-encarado, maligno, malino, malvado, mau, mofento, mofino, moleque, moleque-do-surrão, não sei que diga, nem sei que diga, pai da mentira, pai do mal, pé-cascudo, pé de cabra, pé de gancho, pé de pato, pé de peia, pedro-botelho, pero-botelho, porco, porco-sujo, príncipe das trevas, que-diga, rabão, rabudo, romãozinho, sapucaio, sarnento, satânico, serpente infernal, serpente maldita, sujo, temba, tendeiro, tentação, tentador, tinhoso. 3 REL, TEOL Cada um dos anjos malditos e rebeldes.

23 de novembro
resiliência
re·si·li·ên·ci·a
sf 1 FÍS Elasticidade que faz com que certos corpos deformados voltem à sua forma original. 2 FIG Capacidade de rápida adaptação ou recuperação.

22 de novembro
dioico
di·oi·co (ói)
adj 1 BIOL Diz-se de espécie que possui os órgãos reprodutores masculinos em um indivíduo e os femininos em outro; diécico, diécio, dieco. 2 BOT Diz-se de espécie que apresenta espécimes com flores masculinas e espécimes com flores femininas.

21 de novembro
reide
rei·de
sm 1 Incursão rápida executada em território inimigo por uma tropa. 2 ESP Marcha de longa distância para provar a resistência dos atletas que dela participam. 3 AV Voo a longa distância feito por um ou mais aparelhos.

17 de novembro
amortizar
a·mor·ti·zar
vtd 1 Extinguir aos poucos ou em prestações (uma obrigação, tal como uma hipoteca): Hei de amortizar as minhas dívidas. Vtd 2 Diminuir gradualmente nos livros de contabilidade, até a extinção total, o custo contabilizado de um item de propriedade (p ex, de uma máquina ou maquinaria de indústria) por débitos periódicos à conta de despesas ou à de lucros e perdas: A empresa conseguiu amortizar seus equipamentos. vint e vpr 3 FIG Tornar(-se) amortecido, enfraquecer(-se): Ao chegarmos, a luz do dia amortizava.Amortizou-se-lhe a luz dos olhos. Vtd 4 Comprar (uma sociedade anônima) as suas próprias ações, com fundos disponíveis: Os sócios majoritários amortizaram as ações da empresa.

16 de novembro
percalço
per·cal·ço
sm 1 Lucro advindo de alguma atividade. 2 Vantagem obtida de forma ilícita. 3 Qualquer obstáculo que se apresenta durante alguma atividade; gage.

09 de novembro
savacu
sa·va·cu
sm ZOOL 1 Ave ciconiiforme (Nycticorax nycticorax), da família dos ardeídeos, encontrada por toda a América, com aproximadamente 60 cm de comprimento, com alto da cabeça e dorso negros e partes inferiores e penas na nuca brancas; arapapá-de-bico-comprido, dorme-dorme, dorminhoco, guacuru, sabacu, savacu-de-coroa, taiaçu, tajaçu, taquari, taquiri.

08 de novembro
randômico
ran·dô·mi·co
adj ESTAT Diz-se de estatística que foi obtida por um processo de amostragem aleatória, casual ou acidental.

07 de novembro
polografia
po·lo·gra·fi·a
sf ASTR Descrição astronômica do céu.

01 de novembro
alcunha
al·cu·nha
sf 1 ANT Epônimo (nome de animal, planta, topônimo) que se acrescentava ao nome próprio de um indivíduo e que assumia o papel de seu sobrenome; titulatura. 2 ANT Qualificativo acrescentado ao nome, indicando uma característica especial do indivíduo (p ex, D. Pedro, o Cruel, e Ricardo, Coração de Leão etc.), ou que, muitas vezes, os nobres ou reis acrescentavam aos nomes de vilas e cidades. 3 V apelido.

31 de outubro
radical
ra·di·cal
adj m+f 1 Relativo ou pertencente à raiz. 2 Que parte ou provém da raiz. 3 Relativo à base, ao fundamento, à origem de qualquer coisa; básico, fundamental: A característica radical daquela cidade era ser rural. 4 Que é tão completo quanto possível: Fez um tratamento radical contra a doença. 5 Que se opõe ao que é conservador ou tradicional: Apresentou propostas radicais para combater a violência. 6 COLOQ Que requer muita destreza, habilidade e coragem por ser difícil, violento ou perigoso: Os aficionados do esqueite ficaram impressionados com as manobras radicais dos competidores. 7 Que pretende reformas absolutas na política, na economia e na sociedade: Partido radical. 8 BOT Que se origina da raiz de uma planta: Tubérculo radical. 9 BOT Que procede da base de um caule ou de um caule subterrâneo: Folhas radicais.

28 de outubro
extenso
ex·ten·so
adj 1 Que tem extensão. 2 Que ocupa largo espaço. 3 De comprimento significativo. 4 De longa duração.

27 de outubro
ovacionar
o·va·ci·o·nar
vtd Fazer ovação a; aclamar, aplaudir, ovar

26 de outubro
caracaxá
ca·ra·ca·xá
sm 1 Chocalho para crianças. 2 REG (RS), ZOOL V martim-pescador-grande.

25 de outubro
aúra-masda
a·ú·ra-mas·da
sm REL O princípio do bem, da luz, da beleza, da harmonia, segundo o zoroastrismo; ormasde.

24 de outubro
sépala
sé·pa·la
sf BOT Cada uma das peças florais que formam os cálices das flores.

21 de outubro
engodo
en·go·do
sm 1 Isca ou ceva usada para apanhar aves e peixes. 2 POR EXT Artifício com que se tenta atrair, aliciar ou induzir alguém; ardil, manobra, tapeação. 3 AGR A melhor substância que as aluviões arrastam de terras cultivadas. 4 JUR Qualquer meio astucioso que tenha a finalidade de ludibriar uma pessoa, induzindo-a à prática de erros, delitos, transgressões etc.

20 de outubro
sapiência
sa·pi·ên·ci·a
sf 1 Qualidade do que revela sabedoria e prudência, do que é sapiente. 2 Conhecimento profundo das coisas intelectuais; erudição, sabedoria. 3 Sabedoria divina.

19 de outubro
tercena
ter·ce·na
sf 1 ANT Armazém à beira de rio ou junto a um cais para guardar cereais; celeiro, tulha. 2 Local usado para abrigar navios; doca, estaleiro. 3 MAR Arsenal de marinha.

17 de outubro
aprazível
a·pra·zí·vel
adj m+f 1 Que apraz; que dá prazer; deleitável, encantador, gostoso, ridente: “[…] o homem só comemora e ama o que lhe é aprazível ou vantajoso […]” (MA4). 2 Que tem graça, delicadeza, encanto; cativante, galante, sedutor: “As casas […] dão-lhes uma singela monotonia, que torna aprazíveis e bonitas as ruas calçadas sem arte […]” (JP). 3 Diz-se de lugar agradável pelo clima; ameno, deleitável: “É uma lagoa distante da cidade uma légua em sítio aprazível” (JAl1). 4 Que é auspicioso; que gera boas expectativas; favorável, promissor, propício.

14 de outubro
dígrafo
dí·gra·fo
sm GRAM Grupo de duas letras que representa um único fonema (lh, nh, ss etc.); digrama, monotongo.

13 de outubro
artimanha
ar·ti·ma·nha
sf Plano articulado com o objetivo de levar alguém ao engano; artifício, astúcia, dolo, estratagema, fraude.

11 de outubro
opulento
o·pu·len·to
adj 1 Que tem opulência; que é muito rico. 2 Que é luxuoso: “A sala era hexagonal, de uma arquitetura graciosa e opulenta” (RP). 3 Em grande quantidade: Seus cabelos opulentos caíam sobre o ombro. 4 FIG Muito corpulento. 5 COLOQ Que é soberbo.

10 de outubro
mensurável
men·su·rá·vel
adj m+f Que se pode medir; medível.

06 de outubro
rotina
ro·ti·na
sf 1 Caminho habitualmente seguido ou trilhado; caminho já conhecido; rotineira. 2 Hábito de fazer as coisas sempre da mesma maneira, maquinal ou inconscientemente, pela prática ou imitação; rotineira. 3 Hábito inveterado que resiste a qualquer mudança; rotineira. 4 Rejeição ao progresso ou ao que é novo; conservadorismo. 5 MAR Relação de atividades que devem ser realizadas diariamente a bordo de um navio, com seus respectivos horários.

03 de outubro
Inelegível
i·ne·le·gí·vel
adj m+f Que não pode ser eleito.

30 de setembro
esdrúxulo
es·drú·xu·lo
adj sm 1 OBSOL Vproparoxítono. 2 POÉT Diz-se de ou verso que termina em palavra proparoxítona. Adj 1 POR EXT, COLOQ Fora do comum ou pouco comum; excêntrico, extravagante, exótico. 2 POR EXT, COLOQ Que provoca espanto ou riso; espantoso, surpreendente, divertido, engraçado, esquisito.

29 de setembro
nulo
nu·lo
adj 1 Sem valor ou efeito; que não vale nada; inútil, vão: Seu esforço na elaboração do projeto foi nulo, pois este não foi aprovado. 2 Que não existe; inexistente, nem um, nenhum: “No período da fome, o amor passara a um plano secundário ou nulo” (NR). 3 Que não tem capacidade, aptidão ou talento; incapaz, inepto. 4 JUR Que não tem valor legal, inválido: “[…] provada a alienação mental do testador, nulo ficaria o testamento” (MA4). 5 JUR Não apto a gerar efeitos jurídicos; ineficaz.

28 de setembro
prognóstico
prog·nós·ti·co
adj  1 Que indica alguma coisa vindoura. 2 MED Que assinala a probabilidade de evolução de uma doença. 3 PEJ Diz-se de pessoa que emite opinião sem ser consultada. Sm 1 Ação ou efeito de prognosticar; prognosticação. 2 Previsão de fatos, baseada em dados reais: “– Pois bem, Sr. Augusto, veja como verificou-se o prognóstico que fiz do seu futuro!” (JMM). 3 Sinal característico de alguma ocorrência futura. 4 MED Parecer do médico acerca da evolução e/ou prováveis consequências de uma doença; prognose.

27 de setembro
limoctonia
li·moc·to·ni·a
sf Morte decorrente da ausência de nutrição.

26 de setembro
honestidade
ho·nes·ti·da·de
sf 1 Qualidade de honesto; que tem honradez e probidade: “Apesar da sua limitação intelectual, merece respeito pela honestidade que põe em todos os atos de sua vida, mesmo como funcionário. Sai à hora regulamentar e entra à hora regulamentar, não bajula e nem recebe gratificações” (LB1). 2 Que tem pureza; castidade, pudor, recato.

23 de setembro
perda ou perca?
perca-perda
21 de setembro
pernicioso
per·ni·ci·o·so
adj Que é nocivo, perigoso, prejudicial ou ruinoso

20 de setembro
coragem
co·ra·gem
sf 1 Força ou energia moral diante do perigo. 2 Sentimento de segurança para enfrentar situações de dificuldade moral. 3 Atributo de quem tem determinação para realizar atividades que exigem firmeza. 4 Força física para suportar esforço que demanda tempo prolongado. 5 PEJ V ousadia, acepção 1. Interj. Expressão de fazer demonstrar ânimo.

19 de setembro
protuberante
pro·tu·be·ran·te
adj m+f Que tem protuberância; que forma protuberância; proeminente, saliente

16 de setembro
orictéropo
o·ric·té·ro·po
sm ZOOL Denominação comum aos animais mamíferos do gênero Orycteropus, da família dos oricteropodídeos, da ordem dos tubulidentados, encontrado na África central e meridional, caracterizados pelo focinho semelhante ao do porco, com orelhas e cauda longas, que se alimentam de formigas e cupins; porco-da-terra.

15 de setembro
bipolar
bi·po·lar
adj m+f 1 Que tem dois polos, terminações ou extremidades. 2 Relativo a ambos os polos. 3 ELETR Relativo a bipolo. 4 GENÉT Diz-se do núcleo celular que tem dois fusos durante a cariocinese. 5 GEOGR Relativo às duas regiões polares da Terra. 6 MED Diz-se de neurônio que tem dois processos originários de polos opostos de um corpo celular. 7 Que se caracteriza por duas concepções antagônicas e incompatíveis: “O universo político é formado por antagonismos em geral redutíveis a relações bipolares” (FSP). adj sm Diz-se de ou pessoa que sofre de transtorno bipolar do humor; maníaco-depressivo.

14 de setembro
sintomático
sin·to·má·ti·co
adj 1 Relativo a sintoma. 2 Que se manifesta como sintoma. 3 Decorrente de alguma doença. 4 Que revela a particularidade de um estado de espírito.

13 de setembro
escárnio
es·cár·ni·o
sm 1 Ato de caçoar ou de zombar de alguém ou de algo, a fim de provocar riso; caçoada, escarnecimento, ridicularização, zombaria. 2 Manifestação ofensiva de desdém ou desprezo em relação a alguém ou algo; desprezo, escarnecimento: Olhou para os agressores com escárnio, enfurecendo-os ainda mais. 3 Aquilo que é objeto de caçoada ou zombaria; escarnecimento: Sua apresentação diante da classe foi um verdadeiro escárnio.

12 de setembro
vexilologia
ve·xi·lo·lo·gi·a
(cs) sf Estudo das bandeiras ou estandartes, de seus usos, simbologias etc.

09 de setembro
bamba
bam·ba
adj m+f sm+f 1 Que ou aquele que é muito valente; valentão. 2 FIG Que ou aquele que é perito em determinado assunto.

06 de setembro
híbrido
hí·bri·do
adj sm 1 GENÉT Diz-se de ou indivíduo que resulta do cruzamento de progenitores de espécies, raças ou variedades diferentes. 2 GENÉT Diz-se de ou animal resultante do cruzamento de espécies distintas. 3 FIG Que ou o que é composto de elementos distintos ou disparatados: “Dizem que a água no vinho faz de duas bebidas excelentes uma péssima. O mesmo acontece à mistura da virtude com o vício. Torna o homem um ente híbrido. Nem bom, nem mau” (SEN). Era muito versátil, um híbrido de escritor e músico. 4 GRAM Diz-se de ou palavra composta de elementos provenientes de línguas diversas.

05 de setembro
temerário
te·me·rá·ri·o
adj 1 Que apresenta risco; arriscado, perigoso: “[…] resolvo entrar numa loja envidraçada, que eu julgava ser uma confeitaria mas é uma agência bancária […]. Mais temerário que ter entrado num banco com essa mala, seria dar meia-volta e sair direto […]” (CB). 2 Que é arrojado; temero: “Temerário até a loucura, tinha na sua curta vida de bandido ações bastantes para captar a boa vontade dos companheiros pela valentia […]” (JP). 3 Que indica temeridade: Suas atitudes eram irresponsavelmente temerárias. 4 Que não tem fundamento; infundado: “Pareceu-me então (e peço perdão à crítica, se este meu juízo for temerário! ) – pareceu-me que ele tinha medo – não medo de mim, nem de si, nem do código, nem da consciência; tinha medo da opinião” (MA3).

02 de setembro
hostilizar
hos·ti·li·zar
vtd e vpr1 Tratar(-se) com hostilidade ou agressividade: Os próprios amigos passaram a hostilizá-lo quando descobriram as suas falcatruas. Os funcionários do escritório hostilizavam-se mutuamente. Vtd 2 Dar mau acolhimento. Vtd 3 Travar uma guerra. Vtd 4 Opor-se a. vtd 5 Agir de maneira a ofender ou prejudicar; acometer.

01 de setembro
volátil
vo·lá·til
adj m+f 1 Que voa, que tem a capacidade de voar; voador, voante. 2 Relativo às aves. 3 FIG Pouco firme; inconstante, mudável, volúvel. 4 FÍS-QUÍM Que pode se reduzir a gás ou a vapor, sob temperaturas e pressões normais. 5 FIG Que não tem matéria ou substância; impalpável. 6 INFORM Diz-se de memória cujo conteúdo é apagado quando a energia elétrica é desligada.

31 de Agosto
tapejara
ta·pe·ja·ra
sm+f 1 REG (C.O., MG, S.) Pessoa que conhece bem determinado território e geralmente serve de guia nas viagens; baqueano, vaqueano. 2 REG (RS) Pessoa que pilota barco ou navio com segurança. 3 FIG Pessoa habilidosa e perspicaz. adj m+f sm+f REG (RS) Que ou aquele que é muito valente ou destemido; valentão.

30 de Agosto
insensatez
in·sen·sa·tez
sf 1 Qualidade de insensato; falta de bom senso: “Isto é que me parece uma insensatez, uma estupidez. Se eu te amo e tu me amas, se nunca nos aconteceu semelhante paixão, semelhante identidade, semelhante fervor, semelhante êxtase, por quê, a troco de quê, nos separaremos?” (JU). 2 Ato ou dito de pessoa insensata, sem bom senso.

29 de Agosto
ostracismo
os·tra·cis·mo
sm 1 HIST Desterro, por meio de votação secreta, a que os atenienses condenavam, por até 10 anos, os cidadãos cuja presença consideravam perigosa, sem que, no entanto, perdessem os direitos de cidadania e propriedade. 2 POR EXT, SOCIOL Atitude de indiferença ou desprezo que os membros de um grupo assumem para com indivíduos refratários a padrões de comportamento estabelecidos. 3 FIG Ato ou efeito de mandar embora ou para fora; exclusão, isolamento, proscrição: “[…] ele se resignara a cumprir o ostracismo de forma digna, dedicando-se basicamente à redação de suas memórias” (CA).

26 de Agosto
abolir
a·bo·lir
vtd 1 Tornar nulo; anular, suprimir, revogar; ab-rogar: “Bebo normalmente, fumo bastante, mas aboli a carne” (CA). 2 Pôr fora de uso, afastar, suprimir: Aboliram essa moda. “Camargo carecia pelo menos de um mês para coibir umas familiaridades antes toleradas e abolir certa moda de saia ou tanga […]”(SEN). [Verbo defectivo. Não se emprega nas formas em que ao l do radical se seguiria a ou o. Portanto, não tem a 1.ª pessoa do sing do pres indic e todo o pres subj, nem o imper neg.]

25 de Agosto
melindroso
me·lin·dro·so
adj 1 Que é de execução difícil e complicada. 2 Que envolve risco e perigo; arriscado, perigoso.

3 Que não tem força ou vigor; débil, delicado, frágil. 4 Que é muito suscetível, que tem melindre; escrupuloso, meticuloso. adj sm 1 Que ou aquele que se sente ofendido facilmente. 2 Diz-se de ou pessoa que tem modos e atitudes afetadas e amaneiradas.

24 de Agosto
patacho
pa·ta·cho
Sm REG (N.) Facão de lâmina curta e larga.

23 de Agosto
pendenga
pen·den·ga
sf 1 COLOQ V pendência, acepção 2. 2 Bate-boca agressivo e acalorado; briga, discussão, pendanga. 3 Discordância de pontos de vista; desinteligência.

22 de Agosto
nódoa
nó·doa
sf 1 Sinal deixado por um corpo ou substância que suja; mancha: “Sujou o sofá e o tapete. Nem sei como vou fazer para limpar… Nódoa de sangue é dura de sair, né?” (TM1). 2 MED Mancha na pele, deixada por uma contusão; equimose: “[…] uma espécie de nódoa vermelha subiu-lhe ao redor de um olho” (CL). 3 FIG Mancha na reputação; deslustre, labéu, mácula: “Ó Luís santo, adorado […] Rogo que intercedais por mim […] não permitindo que eu saia manchada com alguma nódoa de impureza”(JR).

19 de Agosto
janota
ja·no·ta
adj 1 PEJ Vestido com excesso de apuro; casquilho, espinicado. 2 POR EXT Que revela elegância, bom gosto; garrido. Sm Indivíduo que se veste com esmero exagerado; almofadinha.

18 de Agosto
lexicografia
le·xi·co·gra·fi·a
(cs) sf LING 1 Processo ou técnica de confecção e organização de dicionários. 2 Análise e estudo linguístico das técnicas de elaboração e organização de dicionários.

17 de Agosto
treta
tre·ta
sf 1 Habilidade ou destreza ao lutar. 2 Ato que revela astúcia; ardil, trapaça, treita². Tretas sf pl Palavreado para enganar ou iludir.

15 de Agosto
pedante
pe·dan·te
adj m+f sm+f 1 Diz-se de ou pessoa que se expressa exibindo conhecimentos que não possui. 2 Que ou aquele que ostenta cultura e erudição.

11 de Agosto
medíocre
me·dí·o·cre
adj m+f 1 Que apresenta qualidade média; comum, meão, mediano. 2 PEJ Destituído de expressão ou de originalidade; banal, desluzido, mediano. adj m+f sm+f Diz-se de ou pessoa com pouca capacidade ou pouco talento. Sm Aquilo que não é bom, que está abaixo da média; inexpressivo.

10 de Agosto
teocracia
te·o·cra·ci·a
sf 1 Sistema de governo em que o poder político, tido como proveniente de Deus, é exercido por uma casta de religiosos ou por um soberano, considerado representante divino, como ocorria no Egito antigo ou nas monarquias absolutistas. 2 Estado com essa forma de governo.

09 de Agosto
abnegar
ab·ne·gar
vtd 1 Ter desprezo por: Abnegou os vícios de outrora. vtd e vpr 2 Sacrificar(-se) em benefício do próximo ou em defesa de uma causa: Abnegava a vida em favor dos mais pobres. Abnegou-se no trabalho de assistência social.

08 de Agosto
dígrafo
dí·gra·fo
sm GRAM Grupo de duas letras que representa um único fonema (lh, nh, ss etc.); digrama, monotongo.

05 de Agosto
pira
pi·ra
sf 1 Fogueira em que se cremam cadáveres. 2 POR EXT Qualquer fogueira. 3 Vaso em que arde um fogo simbólico. 4 FIG Local onde alguém ou algo é submetido a uma prova.

04 de Agosto
hipocrisia
hi·po·cri·si·a
sf 1 Ato ou efeito de fingir, de dissimular sua verdadeira personalidade, intenções ou sentimentos, em geral motivado pela busca de alcançar a realização de vantagens pessoais ou por medo de assumir a sua real identidade, expressando seus mais autênticos sentimentos; dissimulação, falsidade, fingimento: “Há assassinos que andam sãos e salvos, sem que ninguém sequer suspeite de que, sob a requintada hipocrisia dos modos delicados, esconde-se um miserável que faz emboscadas a pessoas desarmadas” (JP). 2 Caráter ou atributo daquilo que é falta de verdade ou de sinceridade; embuste, insinceridade.

03 de Agosto
anunciativo e enunciativo

02 de Agosto
larápio
la·rá·pi·o
sm COLOQ Aquele que tem o hábito de furtar; gatuno, ladrão, ratoneiro.

01 de Agosto
laico
lai·co
adj 1 Alheio ao clero ou a qualquer outra ordem religiosa; leigo. 2 Oposto ao controle do clero sobre a sociedade. 3 Relativo à vida profana. Sm 1 Indivíduo que não pertence ao clero; leigo. 2 Aquele que é contra a influência do clero na vida intelectual, moral e nas instituições em geral.

29 de junho
parálio
pa·rá·li·o
adj Situado perto do mar; marítimo.

28 de junho
osfresia
os·fre·si·a
sf 1 Sensibilidade de olfato muito desenvolvida. 2 Faculdade de sentir facilmente os cheiros.

27 de junho
atochar
a·to·char
vtdi 1 Segurar, prender com atocho ou cunha: O motorista atochou a roda do caminhão na ladeira. Vtdi 2 Impelir com toda a força: A rapaziada atochava as roupas na mochila. vtd e vtdi 3 Encher em excesso; abarrotar, atulhar: “[…] Lemos […] atochou à queima-roupa no Seixas estático três apertos de mão um sobre o outro […]” (SEN). A moça atochava as gavetas com quinquilharias. Vtdi 4 Aumentar demasiadamente: A escola atochou os alunos de lição.

26 de junho
prurido
pru·ri·do
sm 1 MED Sensação desagradável na pele ou em mucosas, causada por agente irritante ou por alguma doença, que leva a pessoa a coçar-se; coceira, comichão. 2 FIG Desejo exacerbado; forte tentação. 3 FIG Sensação de sentir-se indeciso ou com sentimento de culpa; escrúpulo, preocupação. 4 Os primeiros sintomas ou manifestação inicial de algo.

25 de junho
neófito
ne·ó·fi·to
sm 1 REL O que está para receber ou acabou de receber o batismo. 2 REL O converso ou prosélito novo. 3 REL O recém-admitido ao sacerdócio; noviço. 4 POR EXT O recém-admitido numa empresa ou corporação. 5 POR EXT Pessoa que está iniciando em qualquer atividade ou área de estudo; novato, principiante. 6 Aquele que está em um lugar pela primeira vez: “A lista dessas senhoras é interminável […]. Quando aparece alguma neófita, olham-na furiosas e martirizam-na como nas escolas aos estudantes calouros” (JR). 7 Nome dado pelos cristãos primitivos aos que acabavam de abraçar o cristianismo.

22 de junho
ermo
er·mo
adj 1 Diz-se de lugar deserto, despovoado, solitário. 2 Que está abandonado, desacompanhado. Sm Lugar deserto, despovoado.

21 de junho
simplório
sim·pló·ri·o
adj sm Diz-se de ou indivíduo muito crédulo, ingênuo ou papalvo, que se deixa enganar ou ludibriar com facilidade; simplacheirão.

20 de junho
plágio
plá·gi·o
sm 1 Ato ou efeito de plagiar. 2 Imitação de trabalho, geralmente intelectual, produzido por outrem.

19 de junho
eufemismo
eu·fe·mis·mo
sm LING Toda palavra, enunciado ou maneira delicada ou suavizada que se usa para expressar certos fatos, ideias e verdades, em substituição a uma forma mais direta, menos agradável e menos polida e cuja sinceridade ou crueza poderia chocar ou agredir alguém: “(Para a palavra) inverdadeiro, não se achará melhor eufemismo que mentiroso” (JAl2).

15 de junho
ardiloso
ar·di·lo·so
adj Que emprega ardis; astucioso, enganador, redobre, solerte, velhaco, vulpino.

14 de junho
contextualizar
con·tex·tu·a·li·zar
vtd 1 Dotar de contexto. Vtd 2 Inserir ou introduzir em um texto; incorporar em uma narrativa. Vtd 3 Incorporar (algo) em determinado contexto. Vtd 4 LING Produzir um texto em que se encontre determinada palavra ou expressão, de modo a ampliar o entendimento de seu uso ou eliminar dúvidas acerca de sua aceitabilidade.

13 de junho
Qual a diferença entre soar e suar?

soar ou suar

12 de junho
lúpus
lú·pus
sm sing e pl MED Denominação comum a algumas formas de doenças ulcerativas da pele, geralmente de caráter crônico; lupo. EXPRESSÕES Lúpus eritematoso discoide, MED: doença autoimune que afeta a pele e se caracteriza pelo aparecimento de ulcerações, principalmente na face, na nuca e no couro cabeludo. Lúpus eritematoso sistêmico, MED: doença autoimune que, além de afetar a pele, pode atingir também articulações, pulmões, veias, sangue, coração, rins e o sistema nervoso. Lúpus induzido por drogas, MED: aquele decorrente do uso de certas drogas ou medicamentos, apresentando sintomas semelhantes ao do lúpus sistêmico, que desaparecem algum tempo após a interrupção do medicamento. Lúpus vulgar, MED: forma progressiva de tuberculose cutânea, caracterizada por placas marrom-avermelhadas que ocorrem, geralmente, em torno do nariz e da orelha, que cicatrizam muito vagarosamente e deixam marcas, podendo, ainda, causar deformidades.

11 de junho
fenecer
fe·ne·cer
vint 1 Chegar ao fim; acabar: “Sonhou que estava deitada no campo, a pele sob o vento sentindo um prazer prolongado […], um gosto vagaroso no corpo sem força como se vivesse exatamente o instante que se formava e fenecia, que se formava… fenecia, que se formava… fenecia […]”(CL). Vint 2 Perder a vivacidade da cor; desbotar: As cortinas e os sofás feneceram, dando um ar de descuido à casa. Vint 3 Perder o vigor; murchar: Os cravos feneceram rapidamente por conta do calor. Vint 4 Atingir seu termo; terminar: “À proporção que eu os interrogava e o sol acendia labaredas por toda a ilha, a minha sentimentalidade ia fenecendo. Parte dos trabalhadores atirou-se à pedreira, rebentando as pedras” (JR). Vint 5 Deixar de viver; falecer, morrer: “E preservar não é somente trazer viva a memória de quem somos, mas dotarmo-nos das condições a que temos direito e sem as quais feneceremos” (JU).

08 de junho
estorvar
es·tor·var
vtd e vtdi 1 Colocar obstáculos ou impedimentos à realização de algo; bloquear, frustrar, impedir, torvar:A falta de dinheiro estorvou a pesquisa. “Porfiro vinha na frente, a dançar, de braços abertos, bamboleando o corpo e dando rasteiras para que ninguém lhe estorvasse a entrada” (AA1). Vtd 2 Pôr estorvo ou dificuldades à realização de alguma coisa; atrapalhar, dificultar, embaraçar:Tentou em vão estorvar os planos inimigos. vtd e vpr 3 Pôr(-se) estorvo; importunar(-se), perturbar(-se): Por favor, não me estorve quando estou trabalhando. Pediu a todos que não se estorvassem com sua presença. Vtdi 4 Impedir ou tolher a liberdade de movimentos, a circulação, o livre fluxo etc.: O trânsito ruim estorvou-o de chegar cedo ao trabalho. Vtd 5 Provocar mudanças de rumo; interceptar ou mudar a direção de algo: As rochas no meio da estrada estorvavam a passagem dos veículos. Vpr 6 Embaraçar-se reciprocamente: Estorvam-se constantemente. Vtd 7 Reatar o anzol junto à cabeça, a fim de que não se solte ou para o peixe não o cortar nesse ponto.

07 de junho
tergiversar
ter·gi·ver·sar
vint 1 Voltar as costas: Queria falar com ele olhos nos olhos, mas ele simplesmente tergiversou. vti e vint 2 Usar de evasivas, rodeios ou subterfúgios; inventar desculpas ou pretextos: Durante o interrogatório, ele tergiversou em todas as respostas. Quando ele se sente acuado, tergiversa.

06 de junho
retórica
re·tó·ri·ca
Sf 1 RET Conjunto de princípios que constituem a arte da eloquência ou do bem-dizer; oratória. 2 Livro que contém esses princípios. 3 Habilidade no uso da fala e da escrita com o objetivo de influenciar ou persuadir. 4 PEJ Discussão ou debate sem conteúdo. 5 PEJ Estilo primoroso, mas pobre de ideias; verbosidade.

05 de junho
gesta
ges·ta
sf 1 Feito heroico. 2 LIT Poema épico em forma de canção, que narra esses feitos. 3 Conjunto de fatos históricos; história.

04 de junho
austero
aus·te·ro
adj 1 Rígido em opiniões, costumes ou caráter. 2 Que age com rigor. 3 De caráter ríspido. 4 Que revela seriedade. 5 Caracterizado por um modo de viver econômico, falto de luxo. 6 De forma sóbria: Estilo austero. 7 OBSOL De gosto amargo.

01 de junho
traquejo
tra·que·jo
sm Grande experiência em qualquer área de atuação.

30 de junho
pneumoultramicroscopicossilicovulcanoconiótico
pneu·mo·ul·tra·mi·cros·co·pi·cos·si·li·co·vul·ca·no·co·ni·ó·ti·co
adj. Relativo a ou próprio de pneumoultramicroscopicossolicovulcanoconiose, doença provocada pela aspiração de cinzas vulcânicas.

29 de junho
cutruvia
De acordo com o dicionário informal (pois esse verbete não existe no Michaelis, fonte no qual sempre consultamos) significa: 1. mulher da vida, que se relaciona com homens comprometidos. Meretriz. Amante. 2. Pessoa que você tem antipatia, que você não gosta.

28 de junho
glande
glan.de
sf (lat glande) 1 O fruto do carvalho; bolota. 2 Objeto semelhante à bolota. 3Extremidade do pênis. 4 Extremidade do clitóris. 5 Fruto seco, duro, indeiscente, unicelular.

27 de junho
ictiomancia 
ic.tio.man.ci.a
sf (íctio+gr manteía) Antig gr Adivinhação baseada no exame dos peixes, das suas entranhas, do modo como se alimentam etc.

24 de junho
inócuo 
i.nó.cuo
adj (lat innocuu) Que não é nocivo, que não faz dano; inofensivo. Sin: inóxio.

23 de junho
agorafobia
a.go.ra.fo.bi.a
sf (ágora+fobo+ia1) Medo de se achar só num espaço livre e descoberto ou de atravessar uma praça pública, uma rua.

22 de junho
gestão
ges.tão
sf (lat gestione) 1 Ato de gerir. 2 Administração, direção. G. de negócio:administração oficiosa de negócio alheio, feita sem procuração.

21 de junho
bacoco
ba.co.co
(ô) adj+sm pop Ingênuo, palerma, simplório.

20 de junho
neural 
neu.ral
adj m+f (neuro+al3) 1 Que diz respeito a nervos. 2 Próprio dos nervos. Arco n., Anat e Zool: o arco cartilaginoso ou ósseo do lado dorsal de uma vértebra.

17 de junho
simetria
si.me.tri.a
sf (símetro+ia1) 1 Qualidade de simétrico. 2 Correspondência em tamanho, forma ou arranjo, de partes em lados opostos de um plano, seta ou ponto, tendo cada parte em um lado a sua contraparte, em ordem reversa, no outro lado. 3Proporção correta das partes de um corpo ou de um todo entre si, quanto a tamanho e forma. 4 Bot Disposição simétrica das partes de uma flor. Antôn: assimetria. S. bilateral: condição de serem os lados direito e esquerdo (do corpo, p ex), contrapartes um do outro.

16 de junho
idiossincrasia 
i.dios.sin.cra.si.a
sf (gr idiosygkrasía) 1 Med Constituição individual, em virtude da qual cada indivíduo sofre diferentemente os efeitos da mesma causa. 2 Psicol Qualquer detalhe de conduta peculiar a um indivíduo determinado e que não possa ser atribuído a processos psicológicos gerais, bem conhecidos. Var: idiocrasia.

15 de junho
quizila 
qui.zi.la
sf (quimbundo quijila) 1 Ojeriza, antipatia, inimizade, zanga: Ter quizila a alguém. 2 Aborrecimento, impaciência, mal-estar: Isto me faz quizila. 3Pendência, rixa: Ter quizilas com alguém. Var: quijila e quizília.

14 de junho
sagaz
sa.gaz
adj m+f (lat sagace) 1 Que tem agudeza de espírito ou de inteligência; perspicaz. 2 Judicioso, criterioso, sensato. 3 Fino, astuto, argucioso, sutil. 4Desembaraçado, esperto, rápido. 5 Reg (São Paulo) pop Veloz (falando de animal de montaria). Sup abs sint: sagacíssimo. Antôn (acepção 1): bronco;(acepção 3): ingênuo.

10 de junho
Veja de forma ilustrada o que significa exclusão, segregação, integração e inclusão
13239214_1110865502303169_596066880610628130_n - Cópia09 de junho
denegrir 
de.ne.grir
(de2+negro+ir) vtd e vpr 1 Tornar(-se) negro ou escuro: As chamas denegriram a parede. A sua pele denegriu-se. (Nota da Redação: dicionários, como o próprio Michaelis, fonte de nossas consultas, ainda utilizam o sinônimo como: 2 Macular, manchar, infamar: Ninguém o denegrirá na minha presença. Denegriu-lhe a reputação com palavras aleivosas. vpr 3 Pint Escurecer-se.)

08 de junho
sutinga
su.tin.ga
sf (tupi sutínga) Variedade de mandioca.

07 de junho
plancto
planc.to
sm (gr plagktón) Conjunto de diminutos seres vivos vegetais e animais (algas unicelulares, protozoários, entomostráceos, larvas etc.), que, em razão de sua pouca ou nenhuma locomoção própria, flutuam ao sabor das correntezas, nas águas marinhas ou lacustres, desde a superfície até o fundo. Var: plâncton.

03 de junho
remoque 
re.mo.que
sm (der regressiva de remocar) 1 Insinuação trocista e indireta. 2 Alusão zombeteira. 3 Dito picante; motejo. 4 Censura disfarçada com sutileza de expressão.

02 de junho
zina
zi.na
sf O auge, a maior força, rigor.

01 de junho
heliopatia 
he.li.o.pa.ti.a
sf (hélio2+pato5) Med Qualquer distúrbio patológico causado pela luz solar.

31 de maio
premissa
pre.mis.sa
sf (lat praemissa) Lóg Cada uma das duas proposições, a maior e a menor, de um silogismo, das quais se infere a conclusão. P. maior: a que contém o termo maior, isto é, o predicado da conclusão. P. menor: a que contém o termo menor, isto é, o sujeito da conclusão.

30 de maio
laurear
lau.re.ar
(lat laureare) vtd 1 Cingir ou coroar de louros. 2 Galardoar por mérito literário ou artístico. 3 Adornar, enfeitar. 4 Aplaudir, festejar: “…herói sublime que as virtudes laureiam” (Bocage)

13 de maio
xistóforo
xis.tó.fo.ro
sm (xisto2+foro2) Antig gr Soldado persa armado com uma lança ou uma zagaia.

12 de maio
intransigente
in.tran.si.gen.te
(zi) adj+s m+f (in+transigente) 1 Que, ou pessoa que não transige. 2 Que, ou pessoa que é austera, rigorosa nos princípios.

11 de maio
quebranto 
que.bran.to
sm (der regressiva de quebrantar) 1 Suposto estado mórbido que se diz produzido pelo mau-olhado de certas pessoas, nas crianças, nos animais, nas plantas e até nos alimentos; mau-olhado. 2 Abatimento, desânimo, fadiga. 3poét Desfalecimento, prostração.

10 de maio
indubitável
in.du.bi.tá.vel
adj (lat indubitabile) 1 Que não pode ser posto em dúvida. 2 Que não oferece dúvida. 3 Certo. 4 Incontestável.

09 de maio
codinome 
co.di.no.me
sm (do ingl code name) neol Palavra que serve para designar com disfarce uma ou mais palavras, como, por exemplo, nomes de subversivos ou itens concernentes à subversão.

06 de maio
habromania
ha.bro.ma.ni.a
sf (gr habrós+mania) Med Perturbação mental que se manifesta por grande alegria.

05 de maio
rubicundo 
ru.bi.cun.do
adj (lat rubicundu) V vermelho.

04 de maio
procrastinar 
pro.cras.ti.nar
(lat procrastinare) vtd 1 Deixar para outro dia, ou para um tempo futuro, por motivos repreensíveis; adiar: Procrastinar tarefas. vtd 2 Delongar, demorar, retardar: Procrastinar uma decisão. vint 3 Usar de delongas: Detestamos procrastinar. Antôn: abreviar.

03 de maio
oscular
os.cu.lar
(lat osculari) vtd 1 Dar ósculo em; beijar: Oscular a fronte. Osculou-a na face. 2 Acalentar, afagar: Osculávamos belas esperanças. 3 Sorver em beijos: “E aladas gemas osculando néctar/Nos brandos lábios de mimosas flores” (Porto Alegre, ap Laudelino Freire).

02 de maio
intercurso 
in.ter.cur.so
sm (lat intercursu) Comunicação, encontro, trato. I. social, Sociol: relação entre pessoas, baseada nas regras da reciprocidade social.

29 de abril
opróbrio
o.pró.brio
sm (lat opprobriu) 1 Extrema abjeção. 2 A maior desonra; ignomínia. 3Afronta, vergonha. 4 Infâmia, injúria.

28 de abril
loquaz
lo.quaz
adj (lat loquace) 1 Falador, tagarela. 2 Eloquente, fluente no falar. 3Indiscreto. Sup abs sint: loquacíssimo.

27 de abril
lauto 
lau.to
adj (lat lautu) 1 Abundante, opíparo. 2 Ostentoso, magnificente. Antôn: modesto, sóbrio.

26 de abril
eflúvio
e.flú.vio1
sm (lat effluviu) 1 Emanação procedente dos corpos organizados; efluência, exalação. 2 poét Aroma, perfume. 3 Descarga elétrica fraca, não disruptiva, em razão da convecção em um dielétrico fluido sob alta tensão, que se manifesta por um fluxo elétrico fracamente luminoso ou invisível. 4 Emanação magnética que, segundo os adeptos do “magnetismo animal”, passaria do magnetizador ao magnetizado, transmitindo a este a vontade e as impressões daquele.

22 de abril
dissentir 

dis.sen.tir
(lat dissentire) vint 1 Sentir diversamente. vti 2 Não concordar; discrepar, divergir: Dissentir de alguém, ou de alguma coisa. vint 3 Não se combinar; diferençar. Antôn (acepção 1): assentir; (acepção 2): concordar.

20 de abril
engodar 
en.go.dar
(engodo+ar2) vtd 1 Atrair por meio de engodo: Engodar a caça. 2 Enganar ardilosamente com promessas que não se cumprem: “…engodar o ânimo público com os nadas da letra” (Rui Barbosa).

19 de abril
corolário 
co.ro.lá.rio
sm (lat corollariu) 1 Afirmação deduzida de uma verdade já demonstrada. 2Consequência. 3 Mat Teorema que se deduz com muita facilidade de outro precedente.

18 de abril
coalizão 
co.a.li.zão
sf (fr coalition) 1 Acordo político ou aliança de partidos. 2 Liga ou aliança de potências. 3 Com Cartel, truste.

15 de abril
chistoso 
chis.to.so
adj (chiste+oso) Cheio de chistes; engraçado, espirituoso, faceto. Antôn: insípido.

14 de abril
capcioso 
cap.ci.o.so
adj (lat captiosu) 1 Que procura enganar. 2 Que tem argúcia para induzir em erro; ardiloso, argucioso, caviloso, manhoso: Pergunta capciosa.

13 de abril
ufanismo 
u.fa.nis.mo
sm (ufano+ismo) Espécie de otimismo nacionalista.

12 de abril
abduzir 
ab.du.zir
(lat abducere) vtd 1 Afastar, desviar. 2 Tirar, arrebatar com força e violência.3 Afastar da linha média que se presume dividir o corpo em duas metades iguais.

11 de abril
idiossincrasia 

i.dios.sin.cra.si.a
sf (gr idiosygkrasía) 1 Med Constituição individual, em virtude da qual cada indivíduo sofre diferentemente os efeitos da mesma causa. 2 Psicol Qualquer detalhe de conduta peculiar a um indivíduo determinado e que não possa ser atribuído a processos psicológicos gerais, bem conhecidos. Var: idiocrasia.

08 de abril
homizio 
ho.mi.zi.o
sm (lat homicidiu) 1 Ato ou efeito de homiziar. 2 Esconderijo, valhacouto. 3Fuga. Var: homiziação.

07 de abril
plaga
pla.ga
sf (lat plaga) 1 Região, país. 2 Pago. 3 Praia.

06 de abril
pernóstico 
per.nós.ti.co
adj pop Petulante, pretensioso; pronóstico.

05 de abril
foro

fo.ro
(ô) sm (lat foru) 1 Quantia ou pensão que o enfiteuta de uma propriedade paga anualmente ao senhorio direto. 2 Domínio útil de uma propriedade. 3 Encargo habitual. 4 Imunidade. 5 Uso ou privilégio garantido pelo tempo ou pela lei. 6Tribunal judicial. 7 Jurisdição. sm pl Direitos, privilégios, imunidades: Pedro adquiriu foros de cidadania. F. civil: tribunal ou juízo em que se tratam as causas de natureza civil ou se decidem os casos litigiosos dos civis. F. competente: juízo onde a causa deve ser tratada. F. comum: juízo perante o qual se tratam as causas em geral. F. criminal: juízo que julga os autores de crimes. F. especial: juízo em que são processados e julgados, privativamente, os funcionários públicos, os magistrados e os militares, quando praticam delitos funcionais. F. militar: juízo especial onde são processados e julgados os membros das classes armadas por infrações de caráter militar. Pl: foros (ó).

04 de abril
inanição 
i.na.ni.ção
sf (lat inanitione) 1 Estado de inane. 2 Estado do que é vazio; vacuidade. 3Grande debilidade ou fraqueza por falta de alimento. 4 Biol Estado de asfixia de uma célula.

Dia 1 de abril
mentira 

men.ti.ra
sf (lat mentita, com dissimilação) 1 Ato de mentir; afirmação contrária à verdade, engano propositado. 2 Hábito de mentir. 3 Engano da alma, engano dos sentidos, falsa persuasão, juízo falso. 4 Erro, ilusão, vaidade. 5 Fábula, ficção. 6O mesmo que leuconiquia. Antôn (acepções 1, 3 e 4): verdade; (acepção 5):realidade. M. de rabo e cabeça: grande mentira. M. inocente: dita sem o propósito de prejudicar. M. oficiosa: dita a alguém, sem prejuízo de terceiro, e só para lhe causar prazer ou utilidade.

Dia 31 de março
impeachment 
im.peach.men.t
sm (ingl) Dir 1 Instituto de origem inglesa acolhido pela lei básica do país. 2Processo político-criminal que se instaura contra o presidente da República, qualquer governador, ministro do Supremo Tribunal ou procurador-geral da República, com o fim de impor-lhe a pena de destituição do cargo, por delito de responsabilidade resultante da infração de deveres funcionais em prejuízo dos interesses da Nação.

Dia 30 de março
macropétalo
ma.cro.pé.ta.lo
adj (macro+pétalo2) Bot Com pétalas grandes.

Fonte: Michaelis