Edição 206

0
746

Se você ainda acredita que a mulher é o sexo frágil, deveria passar uma manhã na agradável e intensa companhia de Suzana Alves, nossa personagem de capa, e assim desconstruir esse mito do mundo atual.

Suzana começou tudo na sua vida muito cedo, precocemente. Iniciou o ballet clássico aos 3 anos. Fez seus primeiros testes para a TV e para o teatro aos 13 anos. E foi nos palcos de um programa de TV, que detonou uma bomba atômica de efeitos e proporções gigantescas para ela, para o seu íntimo, para sua carreira e família e para o seu futuro.

Confira a matéria completa: