Grupos realizam ato contra aumento da passagem

“A população não aguenta mais tanto aumento no transporte público, que além de caro, é de baixa qualidade”, declarou o grupo Fórum de Lutas de Cotia nas redes sociais

543

O ano mal começou e grupos da cidade de Cotia já se organizam para realizar ato por direitos. Na próxima sexta-feira, dia 6 de janeiro, a partir das 16h, acontecerá uma manifestação contra o aumento da tarifa em Cotia.

No último dia 30 de dezembro, o ex-prefeito de Cotia, Antônio Carlos de Camargo, aumentou o valor da passagem em linhas municipais da cidade, que passaram de R$ 3,60 para R$ 4.

O ato é organizado pelo Fórum de Lutas de Cotia, Frente Povo Sem medo, Juventude LiBre, UMEC, UESC, APEOESP, Químicos Unificados, Liderança Popular, Raiz Cidadanista, Uneafro Clementina de Jesus, Intersindical, Núcleo Chico Mendes, Núcleo Roda Viva e Cotiarte.

“Reivindicamos já! Cancelamento do aumento das tarifas das linhas municipais e intermunicipais. A população não aguenta mais tanto aumento no transporte público, que além de caro, é de baixa qualidade”, declarou o grupo Fórum de Lutas de Cotia nas redes sociais.

Ato também pede a municipalização da tarifa das linhas para Caucaia, Jardim Japão e Caputera.

“A tarifa para esses bairros é ainda mais cara, porque é cobrada como intermunicipal. Em junho de 2013, a prefeitura prometeu municipalizar a tarifa num prazo de quatro meses. Mentiu”, afirma o grupo.