Professora de Cotia ganha bolsa de estudos na Espanha

Katiane de Moraes Oliveira está entre os 200 profissionais selecionados, de 25 países, para participar do projeto "Gira por la infancia", promovido pela Universidade de Huelva, na Espanha.

9953
Katiane e os alunos em visita ao Museu Catavento

A professora Katiane de Moraes Oliveira trabalha na rede pública municipal de Cotia desde 2012 e já alfabetizou centenas de crianças. “A alfabetização é um processo que exige muito, mas é muito, muito valioso. Quando a família participa, então, conseguimos um resultado bem positivo”, comenta a jovem de 30 anos, que está concluindo uma pós-graduação em tecnologia de aprendizagem e, recentemente, foi selecionada a participar, com mais 19 brasileiros e outros 180 estrangeiros, de um curso voltado aos direitos da infância, que está sendo promovido pela Universidade de Huelva, na Espanha.

 

Prática da leitura em sala de aula

O projeto “Gira por la infancia”, realizado pelo Conselho Independente de Proteção da Infância (CIPI), é um projeto pedagógico e social que vai percorrer mais de 15 cidades espanholas. A finalidade é realizar a troca de conhecimentos, culturas e experiências em programas de participação infantil. Serão mais de 3.700 km percorridos e uma infinidade de aprendizados. O projeto será dividido em três fases. “Iniciará em setembro, com conteúdo online. Em outubro, irei para Espanha conhecer as práticas pedagógicas espanholas e participarei de um congresso em Madri. Em dezembro, será publicado um livro com relatos desse congresso”, resume a professora.

Katiane e seus alunos

De 4 de setembro a 15 de outubro, ocorrerá a fase online, totalizando 180 horas de conteúdos teóricos. De 16 a 30 de outubro, acontece a fase presencial na Espanha. A última fase, de 6 de novembro a 15 de dezembro, consistirá no desenvolvimento do projeto, que culminará com a publicação de um livro.

 

Uma das práticas que Katiane pretende apresentar na Espanha é o projeto “Magia de Ler”, adotado em Cotia. Desenvolvida pela Editora Melhoramentos, oferece uma metodologia inovadora focada na formação de leitores da Educação Infantil ao 9° ano do Ensino Fundamental. “Trabalhei com poemas latino-americanos, muitos de origem espanhola, voltado para ampliação do repertório literário dos alunos”, comenta.

 

 

Alunos trabalhando com os livros do Magia de Ler

Suas expectativas com o “Gira por la infancia” são as melhores. “Principalmente, com relação ao aprendizado. Conhecer as práticas pedagógicas de um país, como a Espanha, que se preocupa com a educação e com a melhor forma de aprender e ensinar, me encanta muito. E também levar um pouco de como é a realidade da alfabetização brasileira. O Gira será uma troca. Todos vão compartilhar e todos vão aprender. Essa iniciativa é perfeita e é isso que nós, educadores, precisamos. A educação está buscando, cada vez mais, formas de como se manter e essa é uma oportunidade”, descreve.

Alunos escreveram seu próprio livro: “Novas versões de Pedro Belasartes”

Katiane, agora, está buscando apoio para custear suas despesas com a viagem e aguarda retorno da Prefeitura de Cotia sobre a licença que solicitou. “O processo está em andamento desde maio, mas ainda não saiu a resposta da Prefeitura. Torço para que seja positiva, porque será de grande valor e poder trazer toda essa experiência para compartilhar na rede municipal de ensino”, finaliza.

 

Saiba mais sobre o projeto em www.cipinfancia.org.

 

Nota da redação: dois dias após a publicação da reportagem, a Secretaria de Educação concedeu a licença para que Katiane possa participar da fase presencial no projeto, na Espanha.