Seleção de vinhos para o verão

O enófilo Rodrigo Holanda fala sobre os vinhos para a estação mais quente do ano.

847

Os vinhos, assim como as pizzas são apreciáveis em qualquer estação.  E quando se fala em vinho de verão, os queridinhos são sempre os brancos, rosés e espumantes. Mas isso não é uma regra, os tintos também combinam com a estação mais quente do ano, quando os dias ficam mais longos, e as reuniões com amigos em bares e restaurantes são mais frequentes.

Rodrigo Holanda explica que a diferença está na escolha do vinho tinto mais adequado para a estação. “No verão, por exemplo, os produzidos à base de uvas mais leves e que não passam por barricas de carvalho são mais refrescantes e sempre uma boa opção”, comenta o enófilo e sócio da Atobá Pizzaria.

E como vinho combina perfeitamente com pizzas e aperitivos, para ajudar os apreciadores destas duas celebridades gastronômicas, Holanda listou cinco rótulos  para agradar os mais diversos paladares.

O primeiro da lista é o espumante Vallontano Brut, elaborado com base na casta Pinot Noir, é versátil e combina com uma infinidade de pratos. Além de se harmonizar perfeitamente com  aperitivos e entradas.

“O argentino Mapema Sauvignon Blanc é daqueles brancos cativantes. Uma parcela é maturada em barricas de carvalho de segundo uso, o que o torna mais complexo e especial”.

A lista segue com o espanhol da região de Rioja. O Cune Rosé é um vinho leve, saboroso e com ótima acidez, que harmoniza perfeitamente com o apreciadíssimo carpaccio de salmão,  um dos líderes do  happy hour do Atobá Pizzaria, nesta estação.  Montado numa “cama” de alface americana, a entrada tem como base salmão defumado, regado com azeite extra-virgem, limão e sal. Completam o prato muçarela de búfala e alcaparras.

E não faltaram também os tintos como o clássico português Paulo Laureano, que leva o nome de seu criador, um dos mais conceituados enólogos do Alentejo. Com sabor intenso e aroma de frutas vermelhas escuras como ameixa e amora, é, segundo Rodrigo Holanda, uma ótima combinação para pizzas com base de muçarela ou a super-rabo-de-palha feita com calabresa artesal.

Por fim, a lista fecha com o saboroso e leve francês Figaro rouge, que combina com os dias quentes do verão. A pizza de carpaccio é uma das que mais harmoniza com este rótulo, pois em seus ingredientes estão a tradicional carne bovina, com molho italiano, parmesão, alcaparras e azeitonas pretas.

Vale sempre lembrar que na hora de escolher o vinho, o mais importante é que ele esteja de acordo com seu paladar, as dicas servem para ajudar, mas não são uma regra. “O melhor vinho é sempre aquele que você gosta, mas é desafiador conhecer novos rótulos e sabores. Por isto, nos preocupamos em manter uma carta de vinhos que atenda o paladar dos nossos clientes”, ressalta Holanda.  O Atobá Pizzaria possui mais de 60 rótulos nacionais e importados de países como Brasil, Uruguai, Argentina, Chile, África do Sul, Espanha, Itália, Portugal entre outros. Todos selecionados e armazenados com todo cuidado para garantir a qualidade dos rótulos e o padrão Atobá Pizzaria.