Servidores terão agenda com prefeito no próximo dia 12

De acordo com vereadores não haverá revogação dos benefícios retirados (quinquênio e sexta-parte) e a pretensão do prefeito é quitar todas as dívidas com o funcionalismo até o final de seu mandato.

1297

Após uma semana com a greve interrompida, os servidores públicos de Cotia voltaram à se concentrar na terça-feira(14) em frente à Câmara Municipal. Eles foram em busca da resposta dos vereadores que ficaram de fazer a intermediação com o prefeito Rogério Franco (PSD).

E conseguiram. Ficou marcado para o próximo dia 12 de setembro um encontro entre o Executivo, o Sindicato e a Comissão de servidores no período da manhã, o que foi aprovado pela assembleia.

De acordo com o Sindicato dos Servidores,  Sintrasp, os vereadores apresentaram a íntegra da fala do prefeito e afirmaram que não há possibilidade de reajuste neste ano, e em janeiro de 2019 haverá sim um dissídio, com percentual definido após término de um estudo.

Ainda de acordo com o sindicato, os dias parados serão pagos mediante reposição, não haverá revogação dos benefícios retirados (quinquênio e sexta-parte) e a pretensão do prefeito é quitar todas as dívidas com o funcionalismo até o final de seu mandato.

““Não saímos com a resposta que desejávamos, porém nosso movimento conquistou a abertura de diálogo com o prefeito, o que até o presente momento não havia sido cogitado. Vamos manter a categoria atualizada neste período até o dia 12, a fim de definir uma pauta a ser apresentada”, comentou o presidente do sindicato Antonio Santos.

Entenda