Cotia reajusta o benefício da frente de trabalho

Valor do benefício pago aos contemplados passou de R$ 300,00 para R$ 800,00, além de auxílio-alimentação de R$ 142,47

243

O prefeito Rogério Franco anunciou mudanças no programa que terá o valor da bolsa-auxílio reajustada dos atuais R$ 300,00 para R$ 800,00, uma diferença de R$ 500,00, além de auxílio-alimentação no valor de R$ 142,47, totalizando R$ 942,00 em auxílio.

Coordenado pela Secretaria de Desenvolvimento Social, o PEAD tem caráter assistencial e foi implantado em Cotia pela Lei Municipal 986/1999.  À época, a bolsa-auxílio era de R$ 190,00, nos anos subsequentes, o programa foi reajustado para R$ 300,00, valor que vinha sendo praticado desde 2006. Em julho deste ano, o prefeito Rogério Franco sancionou a Lei 2026/2018 que reajustou a bolsa-auxílio para R$ 800,00, mais o auxílio-alimentação.

O prefeito agradeceu aos presentes e destacou que com planejamento a sua gestão busca melhorar a qualidade de vida da população e auxiliar as famílias que mais precisam. “Agradeço pelo trabalho de vocês em nossa cidade. Hoje é um dia feliz por podermos anunciar as mudanças”, disse o prefeito Rogério Franco.

A dona Roberta Cardoso Coghi está entre os beneficiados pelo PEAD. Há três meses, ela se inscreveu diante da dificuldade de conseguir emprego. “Mesmo tendo profissão, não conseguia emprego. Soube do programa e fui atrás. Sou sozinha e preciso me manter. Estou muito feliz com o aumento”, disse dona Roberta que trabalha na EM Assis José de Oliveira, no bairro Apache.

 

O que é PEAD?

O Programa Emergencial de Auxílio Desemprego (PEAD) proporciona renda para cidadãos que estão desempregados há mais de nove meses, residentes há pelo menos dois anos em Cotia.

Caso haja um número de inscritos superior ao de vagas, a preferência para participação no programa é definida mediante aplicação, pela ordem, dos seguintes critérios: maiores encargos familiares, mulher arrimo de família, maior tempo de desemprego e sorteio.

A participação no programa não representa vínculo empregatício, já que tem caráter assistencial e de formação profissional.