Edição 229: janeiro de 2019

1263

Começamos o ano entrevistando Flávia Lippi, jornalista que mora na Granja há mais de duas décadas e sempre caminhou com a Circuito em inúmeras parcerias, entre elas, a coluna mensal em que escrevia sobre sustentabilidade. Nos últimos dois anos Flávia passou por momentos de grande tensão, pois após ter contraído dengue por três vezes e também chikungunya, acabou desenvolvendo a síndrome de Guillain-Barré. A síndrome de Guillain-Barré é um distúrbio autoimune, ou seja, o sistema imunológico do próprio corpo ataca parte do sistema nervoso, que são os nervos que conectam o cérebro com outras partes do corpo. Essa doença levou Flávia a uma experiência de quase morte e a deixou meses internada em um hospital. Porém as fortes crises de dores e limitações, sequelas que ainda combate, não fizeram com que a jornalista deixasse de lado a força de viver. Seguiu firme em suas convicções espirituais e estilo de vida regrado, criando metas para recuperar as mazelas deixadas pela doença.

Para os espiritualizados de plantão, que gostam de se conectar com as forças dos astros, confira nossa tradicional leitura astrológica. Joel Aleixo revela que Marte, que irá reger 2019, é o senhor das guerras e das transformações. Portanto o autoconhecimento, junto com o espírito de renovação, não deixará espaços para acomodações.