Operação ‘De Olho na Bomba’ passou por cidades da região

Cotia, Carapicuíba, Osasco e Santana de Parnaíba tiveram postos de combustíveis na mira dos fiscais. Posto que for flagrado comercializando produtos irregulares pode ter a inscrição estadual cassada e suas bombas lacradas

390

A Secretaria da Fazenda e Planejamento realizou, nesta quarta-feira (23), a operação “De Olho na Bomba” para fiscalizar 82 postos de combustíveis da capital e em mais 53 cidades.

Na região, as cidades de Cotia, Carapicuíba, Osasco e Santana de Parnaíba tiveram postos de combustíveis na mira dos fiscais.

Realizada exclusivamente pelo fisco paulista, a ação verifica os dados cadastrais do estabelecimento e a conformidade dos combustíveis revendidos aos consumidores do estado.

Durante a operação são coletadas amostras de gasolina e etanol. O material será enviado para um laboratório para verificar se corresponde aos padrões mínimos de qualidade exigidos pela Agência Nacional do Petróleo.

De acordo com a secretaria, os alvos da operação foram selecionados a partir de denúncias de consumidores e do cruzamento de informações feitos pela fiscalização.

O posto de combustíveis que for flagrado comercializando produtos irregulares pode ter a inscrição estadual cassada e suas bombas lacradas. Os donos também ficam impedidos de atuar no setor por cinco anos.