Pela primeira vez, Mancha Verde é campeã do carnaval de SP

A escola levou o troféu com desfile sobre a princesa africana Aqualtune, avó de Zumbi dos Palmares. Com o enredo Oxalá, Salve a Princesa! A Saga de uma Guerreira Negra, a escola discutiu escravidão, direitos de negros e mulheres e intolerância religiosa

546
Foto: Sergio Ortiz/ Mancha Verde/ Divulgação

Pela primeira vez, a Mancha Verde é a grande campeã do carnaval 2019 de São Paulo. A escola levou o troféu com desfile sobre a princesa africana Aqualtune, avó de Zumbi dos Palmares. Com o enredo Oxalá, Salve a Princesa! A Saga de uma Guerreira Negra, a escola discutiu escravidão, direitos de negros e mulheres e intolerância religiosa.

Quatorze escolas de samba desfilaram pelo grupo especial de São Paulo na última sexta-feira (1º) e no último sábado (2). Foram rebaixadas, neste ano, as escolas Tucuruvi e Vai-Vai, que disputarão no Grupo de Acesso em 2020.

Neste ano, a Liga das Escolas de Samba de São Paulo implementou algumas mudanças. Uma delas foi a pontuação. Em vez de usar notas em décimos de 8.0 a 10, os jurados trabalharam com os décimos entre 9.0 e 10, o que deixou a disputa entre as escolas ainda mais acirrada.

A campeã e as outras quatro escolas mais bem colocadas vão participar do desfile das campeãs na sexta-feira (8).

Confira abaixo as classificações das escolas de SP: