Corpo de Bombeiros de São Paulo completa 139 anos

O Corpo de Bombeiros foi criado em 1880, após um grande incêndio que destruiu a biblioteca da Faculdade de Direito e o arquivo do Convento de São Francisco, no tradicional largo da Capital

421
Foto: Governo de SP

O Corpo de Bombeiros do Estado de São Paulo completou 139 anos nesse domingo (10). Responsável por uma tropa de mais de oito mil homens, o comandante da instituição, coronel Eduardo Rodrigues Rocha, falou com orgulho da sua equipe.

“É motivo de muita honra poder estar no comando do Corpo de Bombeiros de São Paulo e gostaria de deixar claro o meu respeito pela humanidade dos profissionais da instituição, uma tropa vocacionada, dedicada e competente, que atua diuturnamente em prol da população”, ressaltou.

O Corpo de Bombeiros foi criado em 1880, após um grande incêndio que destruiu a biblioteca da Faculdade de Direito e o arquivo do Convento de São Francisco, no tradicional largo da Capital. Segundo Eduardo, após essa ocorrência, percebeu-se a importância de contar com o trabalho dos bombeiros. “A instituição é imprescindível em qualquer lugar do mundo para que se tenha uma sociedade segura”, explicou.

Segurança, aliás, que atravessa as fronteiras do Estado sempre que necessário para auxiliar quem precisa. No início do ano, parte do efetivo do Corpo de Bombeiros de São Paulo se deslocou para Minas Gerais para auxiliar no trabalho de resgate às vítimas do rompimento da barragem em Brumadinho.

“Desde o dia da tragédia nos colocamos à disposição para dar apoio ao estado de Minas Gerais. Ao todo, 168 bombeiros de São Paulo estiveram presentes no local auxiliando em todas as ações de resgate e emergências. Foi um trabalho desgastante, mas gratificante, uma vez que todos foram voluntariamente”, relembra o coronel.

A corporação também foi a grande vencedora da última edição do prêmio internacional “Conrad Dietrich Magirus”, da Magirus, um dos mais antigos fabricantes de equipamentos da categoria. O trabalho da corporação no incêndio do edifício Wilton Paes de Almeida, em maio do ano passado, foi apontado como o melhor atendimento de ocorrências em 2018.  A ação foi considerada uma das mais difíceis e perigosas efetuadas por uma equipe de Bombeiros em todo mundo.

Com uma equipe capacitada para atuar nas mais diversas situações de risco, o Corpo de Bombeiros de São Paulo tem como missão atuar como coordenador do sistema estadual de emergências do Estado, provendo proteção e resposta imediata a incêndios, salvamentos e resgates.

“Hoje somos o legado do que recebemos de grandes bombeiros que nos antecederam. Nosso objetivo é proporcionar à futura geração do estado um Corpo de Bombeiros cada vez melhor”, concluiu o coronel Eduardo.