Volume de água na Represa Itupararanga aumenta após chuvas de fevereiro

Represa abastece diversas cidades da região e também parte de Cotia, no limite com Ibiúna e São Roque

188
Foto: TV TEM

As chuvas acima da média registradas nas últimas semanas mudaram o cenário da represa Itupararanga, que abastece várias cidades da região e, inclusive, parte de Cotia, no limite com Ibiúna e São Roque. O volume de água subiu e voltou a alagar parte do reservatório, que estava completamente seco.

Em janeiro, a represa estava com 45% da capacidade e na área de Mairinque (SP) o cenário era de seca em pleno verão. Pedras que estavam submersas voltaram a aparecer, a água recuou mais de 200 metros e os pescadores tinham que andar bastante para se aproximar dela.

Situação que mudou com a chuva durante o mês de fevereiro. Agora os pescadores voltaram a encontrar a água bem mais perto de onde costumam ficar e nem a chuva espantou quem não via a hora de encontrar o local alagado de novo.

A volta da água aos poucos para a área só foi possível porque choveu bem na área da represa nas últimas semanas. Foram 310 milímetros de chuva durante o mês de fevereiro em Mairinque, 56% a mais que a média do mês, que é de 198 milímetros.

Na área de Piedade (SP) foi onde choveu mais. O volume durante o mês foi de 337 milímetros, 70% acima da média. Com isso, o volume da represa passou a ter mais da metade da capacidade, 54%.

Com informações da TV TEM