Mais de 200 atletas participaram da Copa Resgate de Jiu-jitsu, em Caucaia

Os atletas receberam medalhas nas competições individuais e as equipes que mais receberam medalhas faturaram o troféu da Copa Resgate

344
Foto: Vagner Santos

O ginásio de esportes do CEUC, de Caucaia do Alto, sediou a terceira edição da Copa Resgate de Jiu-jitsu, no último final de semana, realizado pelo Projeto Resgate. Na competição, mais de 200 atletas de diversas cidades da região entraram no tatame.

Os atletas receberam medalhas nas competições individuais e as equipes que mais receberam medalhas faturaram o troféu da Copa Resgate. “O evento foi um sucesso. Recebemos atletas de Vargem Grande Paulista, de Sorocaba, da Capital, da Zona Leste e, a cada edição, a Copa Resgate se fortalece mais”, disse o Professor Pi, idealizador do Projeto Resgate.

Em primeiro lugar ficou a equipe Ryan Gracie Team, seguida da GMT de Sorocaba e, em terceiro lugar ficou a equipe anfitriã, Projeto Resgate.

A Copa Resgate teve ainda a super luta com duas lutadoras faixa preta. A atleta Magali, de Araçariguama, venceu o emocionante duelo. “Deixamos a super luta por conta de duas atletas para incentivar as mulheres a praticarem artes marciais, esporte com predominância masculina”, disse Pi.

Ele também entrou no tatame para uma luta apresentação com o garoto Lucas, de 13 anos, com síndrome de Down. “A inclusão também se faz com esporte. E no Projeto Resgate levantamos esta bandeira”, concluiu o professor.

Mais de mil pessoas passaram pelo CEUC e doaram alimentos que serão doados para famílias carentes de Caucaia do Alto.