Mutirão de avaliação fisioterapeuta em Cotia

De acordo com a Secretaria de Saúde, a ação faz parte do programa “Grupo da Dor”, lançado há um ano, para dirimir a fila de pacientes que aguardavam por fisioterapia e que precisam apenas de atendimento simples para alívio da dor.

295

No sábado (13/04), a Prefeitura de Cotia, por meio da Secretaria de Saúde, realizou um mutirão de avaliação fisioterapeuta de pessoas com queixas de dor crônica. A avaliação contou com a parceria da Faculdade UNIP, no Espaço Movimenta Cotia, e com o apoio da Secretaria de Desenvolvimento Social, que cedeu o espaço para realização do mutirão. Os pacientes são encaminhados pelo Centro de Fisioterapia e Ortopedia (CEFOR).
De acordo com a Secretaria de Saúde, a ação faz parte do programa “Grupo da Dor”, lançado há um ano, para dirimir a fila de pacientes que aguardavam por fisioterapia e que precisam apenas de atendimento simples para alívio da dor. “Começamos com este grupo, há um ano, com um grupo pequeno, conseguimos ampliar para mais de 200. Fechamos esta parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Social e, no Movimenta Cotia, temos melhores condições de atender estes pacientes”, disse Magno Sauter, Secretário de Saúde.
O mutirão serviu para selecionar novos participantes do Grupo da Dor. As sessões de fisioterapia são acompanhadas por uma equipe liderada pelo professor doutor Domingos Belasco Júnior. “É um serviço que limpa a fila de espera do CEFOR e ajuda os pacientes, pois mais de 80% dos casos que aguardam por fisioterapia são pacientes que precisam exatamente deste atendimento”, disse Belasco.
A dona Dinalva Aparecida de Jesus, de 62 anos, mora no Portal da Primavera, e faz parte do Grupo da Dor. “Cheguei já alguns meses com dor forte nas pernas, na coluna e precisava tomar muito remédio. Tenho me sentido muito melhor desde que comecei a ser atendida. Hoje consigo fazer zumba, ginástica e caminhar sem dor”, comemorou.