Contra a hipertensão, médicos fazem atendimentos gratuitos em SP nesta sexta-feira

Atendimentos terão como público-alvo as mulheres, principalmente as gestantes. Ação será na estação Barra Funda da CPTM e no Conjunto Nacional, na Avenida Paulista

288

Nesta sexta-feira (26), médicos e demais profissionais da saúde vão realizar mutirões gratuitos contra a hipertensão. Os atendimentos acontecerão na estação Barra Funda da CPTM e no Conjunto Nacional, na Avenida Paulista, e terão como público-alvo as mulheres, principalmente gestantes.

A ação, organizada pela Sociedade Brasileira de Hipertensão (SBH), faz parte da campanha Meça sua Pressão, que este ano recebe o slogan Menos Pressão nas Mulheres. No dia 17 de maio, os atendimentos serão no Terminal Jabaquara e na Estação Santo Amaro – Linha Lilás do Metrô.

Vice-presidente da SBH, Dr. Luiz Bortolotto alerta que a hipertensão é o principal fator de risco para as doenças cardiovasculares que mais matam as mulheres. “E na gravidez, em especial, é a doença que mais causa problemas, podendo inclusive levar a morte se não controlada adequadamente. Então procurar esses mutirões é aconselhável, já que lá serão feitos a medição da pressão e orientações de hábitos de vida para prevenir e controlar melhor a doença”, destaca.

De acordo com a SBH, as complicações da hipertensão na gestação são responsáveis por 15% das mortes maternas no Brasil, algo equivalente a uma morte materna por dia. Estima-se que, em nações desenvolvidas, entre 2% a 8% das gestações sejam impactadas com a doença e suas complicações.

“O diagnóstico precoce e correto deve ser feito pelo obstetra, e os cuidados necessários para um bom controle da pressão tem de ser iniciados imediatamente. Ao menor sinal de alerta, é indicado o encaminhamento para uma unidade especializada”, diz a SBH.

 Por José Rossi Neto