As artes de Vavá, artista plástico de Cotia que tem seus trabalhos espalhados pelo Brasil

A live desta semana foi com Vavá Oliveira, que além de artista plástico é também carnavalesco. A Circuito foi até o ateliê de onde nascem as esculturas que rodam pelo país

403
Foto: José Rossi Neto

A arte entrou cedo na vida de Vavá Oliveira, artista plástico de Cotia que tem um ateliê ao lado de sua residência, no Jardim Monte Santo. “Com cinco anos eu já estava fazendo arte. Em frente à minha casa tinha um barranco e nele a gente fazia as esculturas”, disse.

Vavá trabalha com esculturas temáticas, parques temáticos, escultura de alta dimensão – de até 30 metros de altura – e leitura do corpo humano em argila. Suas obras retratam, principalmente, a história e luta do povo africano e afro-brasileiro.

Escultura, ainda em produção, que retrata a mulher africana. Foto: José Rossi Neto

Seus trabalhos estão espalhados por quase todas as cidades do Estado de São Paulo e em outras regiões do Brasil. Mas dentre todos eles, há dois que Vavá destaca. “O Parque dos Elefantes em Campos do Jordão. Eu desenhei o parque nesta mesa. Todo o projeto é meu. E também o Snowland, no Rio Grande do Sul, que é o parque do gelo. Esses dois parques marcaram a minha vida”.

Do samba-enredo ao carro alegórico, outra paixão de Vavá é o carnaval. Para o ano que vem, o artista já se prepara para a festividade popular em Mariana (MG). “Eu estou produzindo as histórias para contar as lendas de Mariana”, conta e acrescenta: “Eu tenho o carnaval como um grande teatro, um teatro de rua. Existe a marginalização sobre o carnaval, mas a minha visão do carnaval é a escola de samba, a produção teatral”.

Confira abaixo a live que a Circuito fez com Vavá Oliveira, diretamente de seu ateliê.

 

 Por José Rossi Neto