Sem escola

112

Já tem oito anos que o meu filho, especial, está na rede municipal, mas neste ano não pode voltar a estudar pela falta de auxiliar. No ano passado, na E.M. do Engenho, ele teve uma professora-adjunta para acompanhá-lo.
Eliana Noronha
 
Circuito Os questionamentos de Eliana Noronha foram encaminhados para a Secretaria Municipal de Educação, que informou que a falta desse profissional na escola ocorreu devido às exonerações que resultaram na diminuição do quadro de funcionários para atender à demanda municipal. Em nota, informou que haverá convocação de concurso público para os cargos de agente escolar, auxiliares de classe e professor de educação básica I. Afirmou também que todos os professores da rede foram convidados a participar da atribuição de substituição que vem ocorrendo desde o primeiro dia do ano, “entretanto, como essa atribuição é de livre escolha, algumas vagas permaneceram em aberto”. Algumas semanas após termos recebido a carta da leitora, a situação foi resolvida e o aluno pode voltar a estudar.