‘Julho Amarelo’ alerta população para prevenção de hepatites virais

Dados divulgados pelo Ministério da Saúde apontam que no Brasil mais de 70% das mortes por hepatites virais são decorrentes da Hepatite C, seguido da Hepatite B, com 21,8% e a Hepatite A, com 1,7%

306

No mês de conscientização sobre as hepatites virais, a Prefeitura de Araçariguama, através da Secretaria Municipal de Saúde, por meio da Vigilância Epidemiológica de Araçariguama, lança a Campanha “Julho Amarelo”. O objetivo é intensificar a prevenção e o controle das hepatites virais.

Os testes serão realizados das 08h00 as 12h00 na UBS 3 – Rua Santa Cruz – centro

Dados divulgados pelo Ministério da Saúde apontam que no Brasil mais de 70% das mortes por hepatites virais são decorrentes da Hepatite C, seguido da Hepatite B, com 21,8% e a Hepatite A, com 1,7%. Visando reduzir os índices, no início do ano foi instituído no país o ‘Julho Amarelo’. A Lei 13.802 sancionada prevê que o mês seja voltado para a luta contra as hepatites virais.

A DOENÇA É SILENCIOSA

A hepatite é a inflamação do fígado. Nem sempre as hepatites apresentam sintomas, porém os mais comuns são olhos e pele amarelados, cansaço, febre, mal-estar, tontura, vômitos, dor abdominal, urina escura e fezes claras. Os tipos mais comuns são causados pelos vírus A, B e C.

A vacina é uma forma de prevenção contra as hepatites do tipo A e B. Quem se vacina para o tipo B, se protege também para hepatite D. A vacina está disponível gratuitamente no Sistema Único de Saúde (SUS). Para os demais tipos de vírus não há vacina e o tratamento é indicado pelo médico.

As principais medidas de controle das hepatites virais de transmissão sanguínea e sexual constituem-se na adoção de medidas de prevenção como o incentivo ao uso do preservativo nas parcerias sexuais, o não compartilhamento de objetos contaminados como lâminas e seringas, por exemplo.