Exercite a mente

178

Mexemos o corpo e alimentamos a alma. Mas só isso não basta: a mente também precisa ser exercitada. Assim como é preciso praticar atividades físicas para manter a saúde, é necessário exercitar o cérebro para manter a saúde mental. De acordo com os neurologistas, o órgão melhora com a prática e exercitá-lo nos torna mais inteligentes. Então, que tal estimulá-lo com uma nova atividade e de quebra desenvolver uma nova habilidade?

 

Conquista do conhecimento

Melhorar a concentração e os hábitos de estudo, além da organização, autodisciplina e confiança em si próprio. Estes são alguns dos benefícios do Kumon, uma metodologia criada no Japão já mais de 60 anos e que incentiva a autonomia nos estudos, buscando fortalecer o potencial de aprendizado de cada um. Independentemente da idade ou da série escolar, o aluno começa o estudo por questões simples. Com o tempo, passa a ter contato com questões mais complexas, sempre respeitando seu ritmo. Aos poucos, vai se desenvolvendo um raciocínio lógico mais rápido, interpretação de texto e pensamento crítico. Logo, por meio de um processo de aprendizagem planejado e individualizado, o aluno se torna confiante e capaz de enfrentar sozinho o desafio da conquista do conhecimento.

 

Game no ensino do inglês

Pré-requisito para o mercado de trabalho e para a vida, o estudo da língua inglesa ganhou ainda mais força com os avanços tecnológicos da última década. A Red Balloon, por exemplo, aposta em novas plataformas para o ensino do inglês, como a Digiworld, que “gamefica” os conhecimentos adquiridos em sala de aula. Por meio do jogo, os alunos criam avatares e seus lares, interagem com os colegas e se divertem aprendendo.

 

Vida mais harmônica

Tocar um instrumento faz a vida mais harmoniosa. A música ajuda a desenvolver a mente humana, promove o equilíbrio, proporcionando um estado agradável de bem-estar, facilitando a concentração e o desenvolvimento do raciocínio, em especial em questões reflexivas voltadas para o pensamento filosófico. Se quiser entrar em sintonia com suas emoções através da música, a Notas em Casa oferece aulas de violão, canto, guitarra, piano/teclado, flauta, bateria, ukulele, violino, baixo e musicalização. Não se intimide: as aulas são individuais ou para até duas pessoas, e de qualquer idade.

 

Descobrindo o mundo

Há alguns momentos na vida em que é oportuno fazer uma pausa, avaliar decisões, planejar o futuro, encarar medos, superar traumas, enfim, fazer um grande balanço. O final da graduação e a entrada no mercado de trabalho, a saída de um emprego ou mesmo uma separação, podem ser alguns desses gatilhos. Nessa hora, fazer um intercâmbio pode ser a melhor decisão, pois vai dar a oportunidade de promover o autoconhecimento e descobrir novas habilidades. Independentemente se já estudou o idioma do país para onde pretende ir ou não, fazer intercâmbio vai mudar completamente o nível de sua proficiência. Além disso, por mais que se busque informações sobre culturas ao redor do mundo, não há nada como vivê-las e, mais que isso, pensar e sentir como as pessoas daquele lugar. E não se preocupe: não existe idade para fazer intercâmbio dos seus sonhos! Seja qual for a fase que você está trilhando, saiba que, sim, existe um intercâmbio ideal para você. A Experimento conta com programas e destinos distintos para todas as faixas etárias. A escolha vai depender somente do seu objetivo e necessidade.