Especialista dá dicas para pais e filhos se prepararem para a volta às aulas

Daniela Degani dá dicas de como as práticas de meditação podem contribuir para as horas de paz e harmonia em casa durante as férias e retorno à escola

219

A época das férias é de grandes mudanças não só para as crianças, mas também para os pais, que acabam perdendo um pouco a mão na organização da rotina de alimentação, sono e diversão. Com a aproximação do fim das férias, pais e crianças podem ir se preparando para o processo de volta às aulas.

Pensando nisso, Daniela Degani, especialista em meditação infantil e adolescente e fundadora da MindKids, que já atua em dezenas de escolas públicas e privadas, além de ministrar cursos para professores, dá dicas de como as práticas de meditação podem contribuir para as horas de paz e harmonia em casa durante as férias e retorno à escola:

Cantinho da meditação – Uma dica interessante é escolher um lugar da casa para ser o “cantinho da meditação”. Não precisa de velas, incenso, nada disso. Apenas um espaço em que as crianças se sintam bem, onde seja possível sentar no chão sobre uma almofada. Usar o mesmo “cantinho” para a prática da meditação ajuda a criar o hábito.

Conectando com o coração – Antes de fazer as práticas com as crianças, tome uns minutos para inspirar e expirar profundamente algumas vezes, para ir relaxando corpo e mente. Faça um trato consigo de deixar as preocupações, e-mails, listas de coisas a fazer para 15 minutos mais tarde e conecte-se com sua motivação para meditar com a criança: “gostaria que ele pudesse se acalmar” ou “gostaria que ele sentisse o silêncio” ou “gostaria que ele desenvolvesse a capacidade de concentração” – seja qual for seu motivo, cultive uma boa intenção, sem expectativas, de coração aberto.

2) Aquecendo: explicação e postura

Meditação é assim – Crianças bem pequenas podem entender os conceitos básicos da meditação, se explicados de maneira breve, com carinho e simplicidade. Algumas sugestões:

– A meditação ajuda a gente a prestar atenção no que está acontecendo agora

– Também pode nos ajudar a acalmar quando estamos nervosos ou agitados

– Ajuda a sermos mais felizes e ter melhor desempenho na escola e nos esportes.

Posição de meditar – Uma postura bem bacana para fazer as atividades de meditação é sentados de “indiozinho”, sobre o chão ou uma almofada, com a coluna reta e mãos sobre os joelhos. Sente-se você na postura, confortavelmente, sem estresse, e convide a criança a sentar-se na “posição de meditar” também. Nas primeiras vezes, é normal que os pequenos se mexam muito. Não se preocupe – seja você o exemplo, ao deixar seu corpo repousar calmo e relaxado. Com o tempo, as crianças vão relaxando também.

Viu como é fácil a preparação? Agora vamos ver algumas técnicas apropriadas para cada idade. E a chave aqui é o LÚDICO. Como diz a grande referência neste campo, Susan Kaiser Greenland, autora do livro “Meditação em Ação para Crianças”: a prática tem que ser simples, breve, divertida e bem-humorada! Então vamos lá! Abaixo 3 atividades para ensinar aos pequenos:

  1. Meditação da mão: coloque a mão esquerda na sua frente, com a palma da mão virada para a frente. Com o indicador da mão direita vá subindo e descendo cada dedo da mão esquerda. Quando o dedo direito se movimenta e “sobe” cada um dos dedos da mão esquerda, inspiramos. Quando o dedo direito baixa, expiramos. Oriente a criança para prestar muita atenção nos movimentos do dedo direito subindo e descendo os dedos da mão esquerda, nas sensações que isso traz e em sua respiração.

2. Cachoeira de luz: diga à criança imaginar uma estrela muito brilhante e luminosa no céu. Imagine essa luz da estrela descendo e tocando o topo da sua cabeça. E como se fosse uma cachoeira de luz, essa luz vai descendo tocando cabeça, rosto, pescoço, ombros, peito, braços, barriga, pernas e pés. Por onde essa luz passa, vai relaxando nosso corpo, parte por parte, levando ao chão toda agitação, cansaço e estresse.

3. Vamos colocar o “boneco/bicho de pelúcia/Super-Homem” para dormir? Essa prática é boa para fazer a noite, antes da hora de dormir. Deite a criança com seu personagem favorito sobre sua barriga e diga a ela para “niná-lo” com os movimentos de sua respiração. Podemos explicar que respirações profundas ajudam a gente a diminuir a agitação e ter um sono tranquilo.