Neste domingo (18), os movimentos religiosos e culturais realizam a 2ª edição da Caminhada pela Cultura de Paz em Cotia. A concentração será às 9h30, na Praça da Matriz, de onde a caminhada segue para a Praça Joaquim Nunes, que receberá uma programação cultural.
Os movimentos pedem o respeito pela desigualdade, a tolerância e a igualdade de direito. “Eu danço diferente, eu como diferente, minha religião é diferente, temos tom de pele diferente, mas somos iguais nos direitos. A importância da crença é individual, mas o respeito é coletivo”, explica a comissão da Caminhada.
Os participantes vão partir da Praça da Matriz às 10h30. No trajeto até a Praça Joaquim Nunes, acontecerá uma ‘Berimbalada’, com cerca de 50 berimbaus, além de tambores. São esperados no evento diversas matrizes Africanas, Budistas, Evangélicos, Católicos, Centro de Reflexão de Silo, entre outras expressões culturais.
Para o diretor do Departamento de Cultura de Cotia, Gilmar José de Almeida, esse é um movimento de resistência pela paz, sem ódio, sem perseguição e sem intolerância religiosa.
“Todos esses seguimentos sociais, principalmente esses que são perseguidos, que sofrem preconceito de todo gênero, esse é um grito dizendo que estamos aqui, que é a nossa vez. Vamos resistir, mas diferentemente da arma que eles usam que é a violência, a nossa ferramenta sempre será a paz”, pontua.

Serviço
Caminhada pela Cultura de Paz
Dia 18/08: 9h30 concentração na Praça da Matriz / 10h30: Caminhada sentido à Praça Joaquim Nunes
Atrações: Apresentação do rapper James Lino, artistas e bandas locais, Sarau da Praça, Slam, Sarau da Garagem, Congada de São Benedito, Makulelê, Dança da Cia Barú, Apresentação cultural indígena, Capoeira, comidas típicas e muito mais.
Por José Rossi Neto