Cotia fica abaixo da meta de óbitos estipulada pelo Movimento de Segurança no Trânsito

O limite de mortes é traçado a partir de indicador que considera diversos fatores relacionados ao município. A meta para Cotia era de até 20 óbitos, de janeiro a julho, a estatística, no entanto, aponta 16 casos fatais

128

O município de Cotia ficou abaixo da meta estipulada pelo Movimento Paulista de Segurança no Trânsito, do Governo Estadual, para os sete primeiros meses do ano, em relação às mortes por acidente de trânsito.

Dados do Sistema Infosiga (Informações Gerenciais de Acidentes de Trânsito do Estado de São Paulo), dizem ainda que no mês de julho não houve óbito por acidente de trânsito no município, ante a uma meta de até três mortes para aquele mês.

O limite de mortes é traçado a partir de indicador que considera diversos fatores relacionados ao município. A meta para Cotia era de até 20 óbitos, de janeiro a julho, a estatística, no entanto, aponta 16 casos fatais.

O secretário de Transportes e Trânsito, Joaquim Brechó, reforçou que as ações educativas e preventivas não param e que a Settrans realiza palestras, distribui material informativo, fiscaliza e realiza outras ações com o objetivo de conscientizar motoristas, motociclistas, ciclistas e pedestres sobre segurança no trânsito.

“Paralelamente a esse trabalho, o prefeito Rogério Franco tem executado melhorias viárias, de sinalização, de iluminação que são importantes também para aumentar a segurança no trânsito”, disse Brechó.