Prevenção ao suicídio é tema de encontro na Câmara de Cotia

Atividade será realizada no dia 9 de setembro, das 9h às 12h. Iniciativa é do vereador Edson Silva (PRB), que convidou palestrantes especialistas no tema e artista da região para abordarem o assunto

166

A Câmara Municipal de Cotia vai sediar um encontro sobre prevenção ao suicídio no dia 9 de setembro, uma segunda-feira, das 9h às 12h. A atividade, idealizada pelo vereador Edson Silva (PRB), contará com dois especialistas na área e, ainda, com poesias sobre a valorização da vida. A entrada é gratuita.

O evento faz parte do Setembro Amarelo, campanha brasileira de prevenção ao suicídio iniciada em 2015 pelo Centro de Valorização da Vida em parceria com o Conselho Federal de Medicina e a Associação Brasileira de Psiquiatria. A proposta é de associar a cor ao mês que marca o Dia Mundial de Prevenção do Suicídio, no dia 10 de setembro.

As palestras serão realizadas pelo psicólogo clínico Felipe Maronesi e pela hipnoterapeuta Clemilda Souza. Na parte artística, o cotiano Neto Poeta recitará duas poesias autorais sobre o tema.

O vereador Edson Silva destacou a importância deste encontro. Segundo o parlamentar do legislativo, ao longo dos últimos anos, escolas, universidades, entidades do setor público e privado e a população, de forma geral, se envolveram neste movimento que vai do norte ao sul do Brasil. Sem contar os monumentos importantes do país inteiro e até mesmo times de futebol participam da campanha. “Assim, a Câmara Municipal de Cotia não poderia deixar de promover e participar desta importante causa”, salientou.

Silva foi o autor do Projeto de Lei 30/2019, que pretende instituir o mês e o dia de prevenção ao suicídio no calendário oficial de eventos e de programações de Cotia. O PL foi aprovado por 12 votos em sessão no início de agosto e agora depende da sanção ou veto do prefeito Rogério Franco.

ÍNDICE DE SUICÍDIO

O índice de suicídio nas grandes cidades brasileiras aumentou 24% entre 2006 e 2015, segundo pesquisa da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo). O estudo indica que o suicídio é até três vezes maior entre jovens do sexo masculino.

Para a Organização Mundial da Saúde (OMS), nove em cada dez casos de suicídio poderiam ser prevenidos. Estima-se que dez a 20 milhões de pessoas tentarão se suicidar nos próximos anos. Com base nesses números, a OMS criou o Plano de Ação de Saúde Mental com a meta de reduzir em 10% a taxa de suicídios até 2020.

No Brasil, o CVV – Centro de Valorização da Vida – realiza apoio emocional e prevenção do suicídio, atendendo voluntária e gratuitamente todas as pessoas que querem e precisam conversar, sob total sigilo, por telefone (basta discar 188), email e chat 24 horas todos os dias.

Por José Rossi Neto