Eleição do Conselho Tutelar de Cotia está cancelada

Decisão foi do Juiz Sérgio Duarte após dois candidatos entrarem com ação contra o processo seletivo. Eleição ocorreria no próximo domingo, 6 de outubro

486

O juiz Sérgio Augusto Duarte, da Vara da Infância e Juventude de Cotia cancelou as Eleições do Conselho Tutela de Cotia que ocorreria no próximo domingo (6). A decisão ocorreu após uma das candidatas que não passou no processo seletivo ter entrado com uma representação.
Conforme publicado aqui na Revista Circuito, houve uma alteração no processo seletivo dos candidatos que passaram por uma prova escrita para serem habilitados a concorrer.  A nota mínima para se classificar era 7, ou seja, para estarem aptos, os candidatos deveriam acertar pelo menos 70% das provas. Das 37 pessoas que fizeram a prova escrita apenas 7 atingiram a pontuação.
Mas como em Cotia existem dois Conselhos Tutelares, cada um com cinco membros, além dos suplentes, eram necessários no mínimo 20 candidatos.  Para não inviabilizar o processo eleitoral, a Comissão Eleitoral, em comum acordo com Ministério Público, que acompanhou todo o processo, optou por reduzir a nota de corte, de 7 para 4,5. Desse modo 24 candidatos foram habilitados e atualmente disputavam as 10 vagas.
Na última quinta-feira (26), dois dos candidatos que ficaram fora da disputa entraram com representação alegando que, com essa mudança nos trâmites eleitorais, foram prejudicados no processo, embora não tenham atingido a nota mínima [reduzida] para classificação.
O presidente do Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) Robson Dias, que também preside a Comissão Eleitora, disse à nossa reportagem que irão recorrer da decisão.
O processo tramita em segredo de justiça e até que seja concluído – e não há prazo definido para isso, não haverá eleição em Cotia.