Coluna e qualidade de vida

O fisioterapeuta Luis Ricardo Gandolfi dá dicas para a saúde da coluna.

166

Uma postura ereta exala muito mais que elegância, e sim, saúde! “A qualidade de vida de quem sofre com dores na coluna é prejudicada, porque a pessoa acaba perdendo o rendimento no trabalho e nos estudos, além de afetar sua vida pessoal. Por isso, o ideal é investir em hábitos que afastem os riscos desse problema”, pontua o fisioterapeuta Luis Ricardo Gandolfi.

Em boa parte das pessoas, a dor na coluna é uma queixa quase que diária e, dependendo da causa, pode atingir a região cervical, dorsal ou lombar. Na lista de causas, estão má postura e sedentarismo, entre outros fatores. “Mas diante da dor, deve-se olhar a coluna como um todo, pois tendo um problema em uma região é natural sobrecarregar outras partes e irradiar as dores para outros locais”, aponta.

Diretor Regional da Associação Brasileira de Reabilitação de Coluna e fisioterapeuta com especializações em RPG, pilates e fisioterapia manipulativa, Gandolfi é o responsável pelo ITC Vertebral Granja Viana, idealizador da Spina Saúde e, como mesmo diz, especialista em transformar dores em sonhos. Ele aplica um tratamento denominado reconstrução musculoarticular que, além de ser individual e cientificamente comprovado, é feito por meio de um conjunto de técnicas de terapia manual que podem ser associadas a macas eletrônicas. “É dentro deste conjunto e após uma avaliação detalhada para descobrir o causador, que traçamos qual o melhor caminho para cada paciente. Como temos também um estúdio completo de pilates, baropodometria e scanner, conseguimos conciliar técnica à tecnologia e deste modo ajustar o corpo de forma global. Prezamos muito o exercício físico, não só pela qualidade de vida e os benefícios já conhecidos, como ganho de massa muscular, mas sobretudo pela função terapêutica, já que ativa a produção de endorfina, que é antidepressiva e analgésica, e mexe com o PH do sangue”, explica. Ele ressalta que atividade física não é só preventiva, é curativa.

A saúde de nossa coluna é fundamental no nosso dia a dia. Quando está bem, não nos damos conta do quão importante ela é. No entanto, quando temos dores é que percebemos o quanto somos afetados. Por isso, é importante dar mais atenção à nossa coluna para aumentar a sensação de bem-estar. “A missão é conseguir fazer com que cada paciente possa realmente viver na sua melhor versão”, finaliza o especialista.

 

Dicas

  • A má postura está presente em diversas atividades no dia a dia, como dirigir, trabalhar, recolher objetos ou caminhar, e é preciso estar atento a todas as ações. Por isso, mantenha a boa postura da coluna.
  • Muitos apresentam sintomas, como tontura, dor de cabeça e mãos formigando, e não se dão conta de que a causa pode ser a coluna. A partir do momento que perdermos a curvatura natural da coluna, começam as dores. Por isso, uma dica é: faça um rolinho com toalha, coloque na parte de trás do pescoço e deite.
  • Use travesseiro no meio das pernas, quando estiver dormindo de lado.
  • Pratique atividades físicas de duas a três vezes, por semana.
  • Para dores cervical e lombar, use bolsa de água quente que ajuda a acelerar o metabolismo local.

 

Serviço

(11) 4702-0512 – (11) 95885-1081

Rua José Felix de Oliveira, 875 – salas 2, 3 e 5

www.spinasaude.com.br

 

Por Juliana Martins Machado