Cotia, em parceria com o Lar Criança Feliz, promove atendimento remoto durante a pandemia

Por conta da pandemia da Covid-19, o atendimento passou por adaptação para garantir a segurança dos funcionários e dos assistidos

O Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos da Associação Batista de Beneficência Tabea Lar Criança Feliz, conveniado com a Prefeitura de Cotia, segue atendendo em formato remoto crianças e adolescentes com idade entre seis e 15 anos de idade com o projeto Núcleo Criança Feliz. Os atendimentos presenciais só acontecem quando são emergenciais e, neste caso, são feitos individualmente para evitar o risco de contaminação pelo novo coronavírus. De acordo com a Organização da Sociedade Civil (OSC), algumas adaptações foram feitas para garantir que o vínculo estabelecido entre a entidade e as crianças atendidas, bem como com suas famílias, não fosse enfraquecido.

Durante a pandemia, o “Lar”, como é carinhosamente chamado pelas crianças, passou a prestar atendimento por meio de plataformas digitais, Whatsapp e por telefone. Os contatos são frequentes e, segundo os responsáveis pelo local, as crianças e adolescentes que têm dificuldade para acessarem alguns destes canais, recebem atividades impressas e são acompanhadas por telefone.

“Os desafios têm sido enormes, todos precisaram se adaptar. Sabemos do empenho das organizações com as quais temos convênio, o atendimento não parou e o mais importante, o vínculo foi mantido”, destacou Mara Franco, Secretária de Desenvolvimento Social. “O prefeito Rogério Franco acompanha o resultado das parcerias que mantemos e incentiva a garantia do atendimento às crianças e aos jovens por meio do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos”, completou.

No Lar Criança Feliz, os jovens atendidos são, em sua maioria, dos bairros Jardim Sandra e Monte Serrate, e bairros adjacentes. Todos são de famílias referenciadas no Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) contempladas por programas sociais. Os esforços para manter os jovens ligados ao projeto são reconhecidos pelas famílias, mas já estão com saudades do atendimento presencial.

A dona Neide, mãe do Vinicius e da Isabeli, falou da saudade que eles sentem do Lar. “Meus filhos frequentam o Lar desde 2019 e ele tem uma importância fundamental, a Isabeli tem autismo e se desenvolveu muito com o atendimento no Lar, até no estudo”, disse. “Durante a pandemia, estamos recebendo assistência, tenho imensa gratidão, estão nos auxiliando muito, só tenho que agradecer e torcendo para que, no momento certo, Deus prepare para voltar o presencial”, completou dona Neide.

Parceria com OSC’s promovem cursos e oficinas gratuitas

A Prefeitura de Cotia, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social, mantém parcerias com diversas Organizações da Sociedade Civil (OSC’S) com o objetivo de promover cursos e oficinas gratuitas para crianças e jovens por meio do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV).

São oferecidas aulas de música, culinária infantil, espanhol, karatê, estimulação de linguagens (LIBRAS), roda de conversa, empreendedorismo, orientação vocacional, arteterapia, teatro, artesanato, entre outros.

Para saber mais, entre em contato com o CRAS e CREAS on-line e verifique as vagas e disponibilidade na sua região. O CRAS e CREAS on-line atende de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, pelo Whatsapp 11 96300-7500. São aceitas apenas mensagens de texto.

Artigo anteriorEstado de SP terá restrição de circulação entre 23h e 5h até 14 de março
Próximo artigoRuas da Vila Santo Antônio, região da Granja, recebem lâmpadas LED