Atrações naturais do Arquipélago da Madeira

Diversidade e exuberância das paisagens impressionam os visitantes e são os maiores atrativos turísticos do destino

Famosa por suas paisagens naturais, muito diferentes daquelas encontradas no restante de Portugal, a região da Madeira é um destino espetacular. O arquipélago está localizado em meio ao Oceano Atlântico, distante cerca de 1h30 de voo a partir de Lisboa.

Com uma infraestrutura turística excelente, continua sendo um dos destinos mais seguros para se visitar na Europa, com baixo número de casos de covid-19 e boa taxa de vacinação da população. No desembarque, é necessário apresentar um exame PCR negativo, feito até 72 horas antes da viagem, ou optar por fazer o teste na chegada, gratuitamente, e aguardar o resultado no hotel. Viajantes vacinados podem apenas apresentar a comprovação do ciclo completo de vacinação.

Este paraíso ainda tem atrações que permitem um maior contato com a natureza, uma tendência para as viagens da retomada. São florestas, falésias, praias, cidades, montanhas, jardins e reservas naturais, que demonstram toda a diversidade de ambientes inacreditáveis do destino. Confira a lista do que não pode faltar no roteiro em sua próxima viagem ao arquipélago.

Floresta Laurissilva
Com cerca de 20 milhões de anos, é um dos mais belos tesouros naturais do mundo e considerada Patrimônio Natural da Humanidade pela UNESCO. A Floresta Laurissilva ocupa cerca de 20% do território da ilha e, como o seu ecossistema é úmido, todo o lugar é coberto de musgos, enquanto orquídeas da serra, gerânios cor-de-rosa e os massarocos colorem o cenário de violeta. Além da vegetação verdinha e suas árvores frondosas e imponentes, o local tem a trilha do Caldeirão Verde, situada no Parque Florestal das Queimadas, e um lago formado por uma queda d’água de cerca de 100 metros.

Piscinas Naturais
As piscinas naturais de Porto Moniz e Seixal são compostas por rochas de origem vulcânica, onde o mar entra naturalmente. Estas piscinas são ótimas opções para passar o dia na praia e curtir as belas paisagens verdejantes que se debruçam sobre o mar azul. Em Porto Moniz estão as piscinas mais famosas, com água salgada que circula livremente por elas. Algumas são mais rasas, enquanto outras permitem até mergulhos. Já no Seixal estão as piscinas mais lindas do Norte. As praias de areia preta e seu cenário idílico de rochas vulcânicas e montanhas verdejantes completam o ambiente e são o cenário ideal para um dia relaxante com a família.

Maciço Montanhoso Central
A cordilheira central da Ilha da Madeira, localizada a 1.400 metros de altitude, engloba altos picos e vales profundos. O local é de uma beleza exuberante e proporciona vistas de tirar o fôlego. Fazem parte deste complexo de montanhas os picos Ruivo (1.862 metros de altitude) e Areeiro (1.818 metros), assim como o planalto do Paúl da Serra. O local é uma Reserva Geológica e de Vegetação de Altitude, com várias espécies de flora endêmica, além de ser o único local identificado para a nidificação de uma das mais raras aves marinhas, a Freira da Madeira.

Reservas Naturais
A Madeira tem vários locais sinalizados como reservas naturais, graças aos seus atributos geológicos, ecológicos e de interesse científico. São cinco importantes reservas localizadas na ilha. Entre elas estão as Ilhas Desertas, as Ilhas Selvagens, a Reserva Natural da Rocha do Navio, a Reserva Natural do Garajau e a Rede de Áreas Marinhas Protegidas do Porto Santo. Esta última é composta por seis ilhéus que fazem parte de uma área protegida devido à sua relevância do ponto de vista da biodiversidade. Possui uma fauna marinha abundante e diversificada, além do naufrágio do navio Madeirense, perfeito para a prática de mergulho.

Ponta de São Lourenço
Lugar que presenteia os turistas com umas das vistas mais belas da Madeira, a Ponta de São Lourenço está localizada no extremo leste da ilha. Esta longa península conta com falésias, ilhéus e colinas verdejantes, sem árvores, que impressionam pela vista do Oceano Atlântico. É possível explorar o local em uma trilha com duração de 2h30, de média dificuldade e, se tiver sorte, observar alguns lobos-marinhos pelos mirantes. No final do percurso, há um pequeno restaurante para aproveitar, além do vento forte, boa comida e os panoramas deste lugar, incluindo um mergulho no Cais da Sardinha.

Porto Santo
A outra ilha habitada do arquipélago tem paisagens bem diferentes de sua vizinha: possui extensos areais dourados que lhe renderam o apelido de Ilha Dourada, já que percorrem praticamente toda sua costa sul e se unem ao mar azul turquesa. O clima é ideal para passar o dia todo na praia relaxando e curtindo a vista e a areia, que tem propriedades terapêuticas comprovadas. A água do mar do Porto Santo também é usada em tratamentos de talassoterapia, devido às quantidades elevadas de estrôncio, crômio e iodo, elementos benéficos para a saúde.

 

Artigo anteriorViver com flores! Aprenda drink com mood primaveril para curtir com leveza a nova temporada
Próximo artigoEscola Villa Happy: educação por princípios