Deliciosas receitas para incluir o peixe na alimentação

Entre os benefícios do alimento, estão o fortalecimento da imunidade e do sistema cardiovascular; nutricionista do Oba Hortifruti, Renata Guirau, ensina como comprar pescado de forma segura e dá dicas de receitas

Excelente fonte de proteína, pouco calórico e muito nutritivo, o peixe é um alimento que está na mesa dos brasileiros. Atualmente, a média é de aproximadamente 9 quilos por pessoa ao ano, e a estimativa de entidades ligadas ao setor é atingir 15 quilos nesta década, conforme recomendação da FAO (Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura). De acordo com a nutricionista do Oba Hortifruti, Renata Guirau, a ingestão de pescados na rotina alimentar fortalece a imunidade, aumenta a produção de fibras musculares e favorece a renovação celular dos órgãos e tecidos.

“O peixe é rico em ácidos graxos essenciais, chamados de ômega-3, que atuam na prevenção de doenças cardiovasculares e neurológicas, como infartos, colesterol alto e alterações na memória. Os pescados também são excelentes fontes de proteína e minerais, como fósforo, que protege a saúde óssea e dentária, iodo, que ajuda no funcionamento da tireoide, e selênio, que atua no sistema cardiovascular e imunidade. O ideal é consumir de 2 a 3 porções por semana para que os nutrientes estejam presentes de forma significativa na alimentação”, ensina Renata.

A nutricionista explica que os pescados podem fazer parte das refeições principais, almoço e jantar, de forma prática e saborosa. “Pratos assados, grelhados ou cozidos são fáceis de fazer e garantem a preservação dos nutrientes”, diz. Renata alerta que o ideal é evitar as preparações fritas no dia a dia. “Mas o consumo eventual não trará maiores problemas”, afirma. Se a preferência for pela ingestão do alimento cru, como ceviche e sashimi, a especialista observa que é muito importante verificar a procedência do produto e ter a garantia que esteja sempre fresco.

A nutricionista dá dicas de como escolher o peixe:

  • Ao comprar peixes congelados, é importante verificar data de validade e forma adequada de conservação para garantir a segurança na hora de armazenar em casa. Para descongelar, prefira sempre realizar esse processo na geladeira, de um dia para o outro, para evitar intoxicações alimentares.
  • Na compra do alimento fresco, é importante avaliar se a textura da carne, ao toque, está firme, e se os olhos do peixe estão brilhantes. O odor característico também não deve estar muito forte, o que pode indicar que o produto já está velho.

Renata ensina 3 receitas pra integrar o cardápio e garantir uma alimentação balanceada e nutritiva.

Saint peter assado com cebolas

4 filés de saint peter
2 cebolas roxas
½ xícara de chá de azeitonas pretas picadas
½ xícara de chá de cheiro-verde picado
Azeite, sal e pimenta do reino moída na hora a gosto

Modo de preparo:
Corte as cebolas em rodelas grossas. Forre um refratário de vidro com as camadas de cebola, untado previamente com azeite. Acomode os filés de saint peter em cima da cebola e distribua as azeitonas picadas e o cheiro-verde sobre os filés. Regue tudo com uma generosa camada de azeite e adicione sal.
Cubra com papel alumínio e leve para assar em forno a 180° por cerca de 40 minutos. Depois é só servir.

Escondidinho de peixe

500g de tilápia cozida e desfiada
1 cenoura ralada
1 cebola média picada
2 dentes de alho picados
150ml de creme de leite
5 batatas médias
50ml de azeite
Queijo parmesão ralado

Modo de preparo:
Em uma panela, coloque o alho, o azeite, a cenoura, a cebola e refogue até que os vegetais amoleçam. Acrescente a tilápia desfiada e refogue bem. Para o purê, cozinhe as batatas, descasque e amasse. Coloque em uma panela e adicione o creme de leite. Acerte o sal. Monte em um refratário uma camada do peixe refogado, em seguida uma camada do purê de batata e finalize com o queijo parmesão. Leve ao forno para gratinar e sirva.

Salmão no papelote

2 postas de salmão
1 cebola roxa fatiada
8 tomates-cereja cortados ao meio
4 batatas médias fatiadas
4 colheres de sopa de azeitonas pretas fatiadas
4 colheres de sopa de cenoura picada em cubos
4 buquês de brócolis
Azeite a gosto
Pimenta do reino e cheiro-verde a gosto

Modo de preparo:
Em uma panela, ferva água suficiente para cobrir os legumes picados (batata, cenoura e brócolis). Cozinhe por 5 minutos. Separe 2 pedaços de papel alumínio de tamanho suficiente para embrulhar o salmão com os demais ingredientes. Coloque o salmão no papelote e faça uma camada com a cebola fatiada e as azeitonas. Ao lado, monte os legumes pré-cozidos com o tomate-cereja. Salpique sal, pimenta do reino, cheiro-verde e o azeite. Feche cada papelote, vedando bem para facilitar o cozimento. Coloque os papelotes em uma forma e leve ao forno por aproximadamente 30 minutos. Sirva em seguida.

Artigo anteriorGranjeiro Samuel Estevam estrela produção do SBT e PrimeVideo
Próximo artigoNic Giaffone é premiado em Portland e faz história com recordes na USF Juniors