A luta contra o coronavírus começa a dar resultados positivos: dos 6.074 casos confirmados de covid-19 na região, 3.389 estão curados.

Internada desde o dia 8 de maio no Centro de Combate e Referência ao Coronavírus de Cotia, na ala amarela que conta com leitos para pacientes com sintomas não tão graves, Ana Cristina Carlota da Silva recebeu alta nessa quarta-feira (20/05) e segue em recuperação em sua casa. Ela está entre os mais de 100 pacientes que já ocuparam algum leito no local e entre os 60 que já tiveram alta.

“Agradeço muito a vocês [profissionais da saúde]. Gratidão. Fico sem palavras. Fui bem acolhida, bem assistida e estou saindo bem mesmo. Cheguei não conseguia respirar direito e hoje estou bem melhor”, comemorou a moradora, quando deixou o hospital de campanha sob aplausos da equipe da saúde e de outros pacientes que comemoraram a sua vitória. Durante os dias em que permaneceu no local, foi acompanhada por médicos, enfermeiros e fisioterapeuta.

Nessa semana também, o Centro de Combate ao Coronavírus da Vila Esperança, que fica em Santana de Parnaíba, já contabiliza 5 pacientes que saíram curados da Covid-19. Dona Tereza, que faz parte do grupo risco por ter mais de 60 anos, recebeu alta na tarde de segunda-feira (18/05) depois de ficar internada, saindo sob aplausos de toda a equipe médica da unidade por ter vencido a batalha contra o coronavirus. Assim como ela, mais 4 pacientes também foram curados. “Só tenho a agradecer todo o cuidado e atenção que tiveram comigo durante o período que estive internada. A clínica conta com excelentes profissionais que cuidam de todos com muito carinho”, comentou.

Milésima alta no Hospital das Clínicas
O Governador João Doria anunciou na quarta-feira (20/05) que o Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP), maior complexo hospitalar da América Latina, comemorou a milésima alta de pacientes graves recuperados da COVID-19. “Temos que agradecer ao corpo clínico do Hospital das Clínicas e todos aqueles que ali atuam, pois mil pessoas foram curadas e já retornaram às suas casas. Na maior mobilização de sua história, o HC abriu um prédio exclusivo, que inauguramos recentemente, com 900 leitos para tratamento de pacientes com coronavírus e transferimos os pacientes com outras doenças para outros sete institutos do complexo do HC”, disse.

Por Juliana Martins Machado, com informações da assessoria de imprensa