Mulheres com deficiência de Carapicuíba recebem programa estadual de empoderamento feminino “TODAS in-Rede”

Com adesão ao programa da Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência, os profissionais da Delegacia de Defesa da Mulher de Carapicuíba recebem vagas para o curso de capacitação ao atendimento das mulheres com deficiência vítimas de violência, entre outras ações

Na quarta-feira (10) a Secretária de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência de São Paulo, Célia Leão, realizou o lançamento regional do programa “TODAS in-Rede” em Carapicuíba, A Secretária firmou parceria com assinatura de Protocolo de Intenções com o prefeito do município, Marcos Neves.

Ao aderir ao programa, as mulheres com deficiência de Carapicuíba recebem cursos de incentivo ao empreendedorismo e informações diversas para o exercício da sua autonomia. Além disso, profissionais da Delegacia de Defesa da Mulher do município recebem uma capacitação para atendimento das mulheres com deficiência vítimas de violência.

“O TODAS in-Rede chega à Carapicuíba beneficiando as mais de 16 mil mulheres com deficiência do município, trazendo informações e ações que possibilitam à sua autonomia, além de sensibilizar toda população para garantir a qualidade de vida e inclusão social dessas mulheres”, afirmou a Secretária de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Célia Leão.

O evento presencial foi realizado com interpretação de Libras e cerca de 230 pessoas marcaram presença. Além da Secretária Célia Leão, participaram a Primeira-Dama e Presidente do Fundo Social de São Paulo, Bia Doria, a Coordenadora das Delegacias de Defesa da Mulher do Estado de São Paulo, Dra. Jamila Ferrari, o Prefeito de Carapicuíba, Marcos Neves e outras autoridades locais.

A Presidente do Fundo Social ressaltou a importância do programa, “É importante quando o Governo olha e cuida de todos, procurando sempre realizar ações que realmente sejam efetivas para transformar a vida das pessoas. Estamos aqui para dar cada vez mais voz às mulheres com deficiência do estado de São Paulo”, disse Bia Doria.

TODAS in-Rede

O programa “TODAS in-Rede”, da Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência, visa o empoderamento das mulheres com deficiência do estado de São Paulo, buscando sua autonomia em diversos pilares como o acesso à informação, trabalho, renda e autonomia financeira, exercício dos direitos afetivos, sexuais e reprodutivos, prevenção à violência e autoestima e liderança.

Segundo dados da Base de Dados dos Direitos da Pessoa com Deficiência, no estado de São Paulo existem mais de 1,7 milhão de mulheres com deficiência. Dos empregos formais ocupados por pessoas com deficiência, apenas 37% são ocupados por mulheres. Em violência e gênero, de janeiro a agosto de 2021 foram registrados mais de 2,2 mil boletins de ocorrência.

Para conhecer melhor o programa, basta acessar o site clicando aqui.
Artigo anteriorGerenciamento de pele: os benefícios do cuidado a longo prazo
Próximo artigoBanda ‘Vim de Marte’ celebra 8 anos de estrada com show em Cotia