As belas praias do litoral norte paulista

Marcos Sá escreve sobre a exuberância e a beleza das praias do litoral paulista.

O exuberante litoral norte paulista, bordejado pela espetacular Mata Atlântica, compõe um dos mais lindos cenários brasileiros. A Mata Atlântica é um bioma de floresta tropical que abrange a costa leste, sudeste e sul do Brasil. Atualmente, com cerca de 20% da cobertura original existente, e na maior parte localizada na Serra do Mar no litoral norte paulista. Temos a primazia de poder usufruir dessa beleza a apenas alguns quilômetros da capital. Essa exuberância e beleza são regadas pelas chuvas constantes na região. Os índices pluviométricos são acima da média no estado de São Paulo. “Gotas de água da chuva, alegre arco-íris sobre a plantação, gotas de água da chuva, tão tristes, são lágrimas na inundação”, já cantava Guilherme Arantes na canção Planeta Água. Chuvas intensas, que dão vida ao verde da Mata Atlântica e deram origem a beleza da região, mas que também são responsáveis por alguns apelidos engraçados às cidades e praias: Bertioga virou Bertiágua, Camburi passou a Camburain, Guaicá, Aguaicái, São Sebastião, São Sebastrovão, Caraguatatuba, Caraguatachuva, Ubatuba, Ubatromba e Ilhabela, Ilhaumbrella. Piadas à parte, o sol predomina e ilumina a paisagem que tem cenários de tirar o fôlego, praias com areias brancas emolduradas pela Mata Atlântica e com boa infraestrutura, mar para surfistas com ondas e para crianças e famílias, tipo piscina. A gastronomia é sofisticada, as igrejinhas são acolhedoras e os hotéis e pousadas charmosos e para todos os bolsos. Alguns de padrão internacional tipo butique, com serviços de alto nível. Uma pena que as estradas ainda deixem a desejar, os investimentos públicos são escassos e o turismo poderia ser mais divulgado e melhor aproveitado. Como sempre, quem não ajuda é quem tem a obrigação de cuidar. As prefeituras, governos estadual e federal. Teríamos chances de concorrer com destinos internacionais, pois quem conhece se deslumbra, sempre descobre uma nova e agradável surpresa e quer voltar. Tanto em Ilhabela, quanto nos chamados sertões de Barra do Una e Camburi, coexistem harmoniosamente, parques estaduais, áreas de preservação, rios limpos, próprios para a prática esportiva, cachoeiras, trilhas com verde intenso, vegetação e exemplares de árvores centenárias. A região tem praias intactas e ainda ilhas próximas ao continente com acesso fácil. Explorar a região é dar um mergulho na natureza e entrar em contato com fauna e flora ainda preservadas. O outono que se aproxima, é a estação onde as cores na natureza sobressaem. O céu fica num azul-anil intenso, o pôr do sol é deslumbrante e o mar verde-claro lambe a areia branca, que brilha ao sol. As noites são agradáveis e as estrelas bailam ao som das cigarras e grilos. Sem contar os espetáculos que a lua nos proporciona, querendo aparecer mais que o sol. Um show de belezas, que sem dúvida encanta quem frequenta. A Bahia e o Rio de Janeiro são cantados em prosa e verso e elogiados por suas belezas, sempre. Por aqui, nós paulistas somos modestos na arte de elogiar nossas belezas, mas o litoral norte paulista é de deixar qualquer um de queixo caído!

 


Por Marcos Sá, consultor de mídia impressa, com especialização em jornais, na Universidade de Stanford, Califórnia, EUA. Atualmente é diretor de Novos Negócios do Grupo RAC de Campinas