Região arrecada mais de R$ 370 milhões no primeiro ciclo do IPVA

Até 20/1, foram realizados mais de 484 mil pagamentos à vista ou da primeira parcela do imposto. Cotia recebeu R$ 36 milhões.

A Secretaria da Fazenda e Planejamento fechou balanço parcial do primeiro ciclo de pagamentos do Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) de 2021, em janeiro. Até o último dia do calendário de vencimentos, em 20/1, as cidades que compõem a região de Osasco (Barueri, Caieiras, Cajamar, Carapicuíba, Cotiam Embu, Embu-Guaçu, Francisco Morato, Franco da Rocha, Itapecerica da Serra, Itapevi, Jandira, Juquitiba, Osasco, Pirapora do Bom Jesus, Pirapozinho, Santana de Parnaíba, São Lourenço da Serra, Taboão da Serra e Vargem Grande Paulista) arrecadaram R$372.795.531,75, referentes ao pagamento à vista e à primeira parcela do imposto.

Valores arrecadados pelos municípios da região de Osasco neste primeiro ciclo do IPVA

O IPVA é fundamental para o orçamento do município já que, descontados os 20% destinados ao Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb), as cidades da região recebem metade do valor arrecadado.

No período, 246.716 proprietários de veículos quitaram o imposto à vista, com desconto de 3%. Outros 237.953 efetuaram o pagamento da primeira parcela.

No total do Estado, 7.972.769 proprietários de veículos pagaram o imposto na totalidade ou a primeira parcela, totalizando uma arrecadação de R$ 6.638.883.359,57, um valor de 4,9% maior que o mesmo período de 2020.

Artigo anteriorVisibilidade Trans: Secretaria da Mulher reforça que DDM’s atendem este público
Próximo artigoQuatro alimentos que ajudam a controlar a ansiedade na pandemia