Regional da Granja Viana está, a partir de agora, vinculada à Secretaria de Obras

Projeto de lei nº 02/2021, aprovado pela Câmara Municipal de Cotia, em sessão realizada nesta terça-feira (02/02), reorganizou a estrutura administrativa da Prefeitura de Cotia. Foram extintas as secretarias de Desenvolvimento Urbano e de Juventude e criadas as de Defesa Civil e de Cultura.

De acordo com o prefeito Rogério Franco, a medida busca “atender o plano de governo” e ressalta que “não cria nenhum cargo público e tampouco implica qualquer aumento de despesa”.

Por conta desta mudança, a Administração Regional da Granja Viana, com suas unidades subordinadas, prevista no inciso IV do artigo 29 da Lei Complementar nº 253, de 2018, foi transferida da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano para a Secretaria Municipal de Obras e Infraestrutura Urbana. A Sub-prefeitura da Granja Viana é uma reivindicação antiga dos moradores e sua criação, há alguns anos, foi importante porque permitiu a implantação e a permanência de uma estrutura administrativa mais próxima e à disposição da região.

Mudanças

  • de Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano para Secretaria Municipal de Defesa Civil;
  • de Secretaria Municipal de Esportes, Cultura e Lazer para Secretaria Municipal de Esportes e da Juventude;
  • de Secretaria Municipal de Habitação para Secretaria Municipal de Habitação e Urbanismo;
  • de Secretaria Municipal de Indústria e Comércio para Secretaria Municipal de Indústria, Comércio e Empreendedorismo;
  • de Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Agropecuária para Secretaria Municipal do Verde e do Meio Ambiente;
  • de Secretaria Municipal de Obras e Serviços Urbanos para Secretaria Municipal de Obras e Infraestrutura Urbana;
  • de Secretaria Municipal de Transportes e Trânsito para Secretaria Municipal de Transportes e Mobilidade;
  • de Secretaria Municipal da Juventude para Secretaria Municipal de Cultura e Lazer;
  • de Secretaria Municipal da Mulher para Secretaria Municipal dos Direitos Humanos, Cidadania e da Mulher

Votação
O projeto de Lei, enviado pelo prefeito Rogério Franco ao legislativo em 19 de janeiro, seria votado em sessão extraordinária na semana passada, porém em razão da ausência de sete vereadores, a sessão não se realizou. Desta vez, tendo em vista o fim do recesso do legislativo, o projeto foi incluído na ordem do dia da sessão ordinária realizada ontem e foi aprovado por unanimidade dos vereadores.

Por Juliana Martins Machado

Artigo anteriorReciclagem de eletrônicos é tema de projeto da Etec Raposo Tavares
Próximo artigoCotia inicia a segunda etapa da vacinação contra a Covid-19