Como será o Dia dos Namorados em 2020?

Nesse período em que os casais tiveram seu convívio intensificado ou virtualizado, os relacionamentos passaram por momentos únicos, que devem ser celebrados e lembrados

Cada relacionamento é único, tem histórias próprias que vão moldando a forma como se comunicam e demonstram afeto. São duas pessoas que criam uma história singular com suas alegrias e desafios. Por mais dificuldade que esse cenário de pandemia tenha trazido, manter os relacionamentos harmoniosos e significativos é um objetivo comum à maioria dos casais.

Para a ourives Lyssandra Macedo esse contexto é repassado em suas joias. As piadas internas, momentos icônicos, choros e risos devem ser gravados. Colocar tudo isso em um trabalho de ourivesaria para poder levar para sempre no peito ou na mão, é tornar o Dia dos Namorados um evento único em meio a tantos problemas.

Este 12 de junho, que ficará eternizado como um divisor de águas para muitos, para aqueles que seguiram juntos será um marco na história de amor que deve ser comemorado. Esse Dia dos Namorados deve ser ressignificativo. Lyssandra diz que assim como não existem manuais mágicos para o amor, também não há regulamentos para a confecção das joias.

Como ourives, ela transmite em cada detalhe as peculiaridades, sentimentos e o que ainda está por vir. Em cada trabalho realizado, é um universo de autenticidade e expressividade. Enfim, este Dia dos Namorados não poderá ser normal, pois histórias foram reescritas e destinos foram alterados. Já tem muita tristeza e mesmice no dia a dia da quarentena. Versatilizar e presentear alguém com uma história, é a melhor coisa que pode acontecer neste dia 12 de junho.