Recebo simpático e-mail da famiglia GAJA com essa foto linda. Me detenho na leitura e ela conta uma história que remonta a 1859!

Osteria del Vapore

“… O lugar se chamava “Osteria del Vapore”, oferecia comida local e servia o vinho da família. Foi inaugurado por Giovanni Gaja, primeiro na dinastia familiar. Era 1859. O posicionamento foi estratégico: a cidade de Barbaresco está localizada em uma grande curva do rio Tanaro, onde os barqueiros transportavam gente pela via navegável, junto com carruagens, cavalos, carroças carregadas de uvas no outono e garrafões cheios de vinho na primavera…

Eles contam que a Osteria permaneceu aberta até 1933 e que não foi a crise econômica da Grande Depressão de 29 que o fechou, nem foi a ponte construída que encurtava o caminho a Turim, mas foi o sucesso da vinícola.

É que outro Giovanni, neto do fundador, terceira geração da família tinha assumido a vinícola. Em 1937, ele imprimiu as quatro letras do sobrenome Gaja em vermelho no rótulo e usou um tamanho de fonte maior do que o nome da denominação do vinho. Foi Giovanni quem apostou na sua qualidade ímpar e soube marcar o seu carácter excepcional.

 

Mas voltando a porta da Osteria, as mesas, cadeiras e cozinha desapareceram, mas a porta de madeira permaneceu. É agora a entrada principal da adega, aumentando de tamanho ao longo das décadas. Aquela porta, com a sua textura linear ranhurada criada por um processo secular denominado “grissinatura”, que partilha o nome dos tradicionais palitos compridos e finos famosos na região, os  grissini, foi a inspiração para as caixas de vinho.

A ideia começou em uma conversa entre Angelo Gaja e o grande designer de embalagens de vinho Giacomo Bersanetti: cada vez que você abre a caixa de vinho de madeira com o design ranhurado, é como se você abrisse a porta original da Osteria e entrasse no mundo da Gaja. Um artista do vinho e da vida. Um esteta.

E esse texto é apenas o convite a se inscrever na News-letter de GAJA que promete enviar regularmente notícias de lá, vistas de uma nevasca, os sons de um vinhedo de verão, um novo rótulo, um encontro especial. Eu adorei e me inscrevi na hora.

Os excepcionais vinhos GAJA você encontra na Mistral.


 

Didú Russo é editor do site www.didu.com.br, está no facebook (www.facebook.com/didu.russo/) e no Instagram (www.instagram.com/didu)