No último sábado, 13, a Guarda Civil Municipal de Carapicuíba foi acionada após uma denúncia de uma tentativa de feminicídio. O suspeito acabou sendo preso no local, onde portava uma pistola e um facão, a presença de drogas também foi confirmada.

A vítima foi encaminhada e socorrida até o Pronto Socorro e recebeu tratamento médico imediato. A ocorrência ficou localizada na 1ºDP de Carapicuíba. Não se tem novas informações sobre o caso.

A Prefeitura da cidade comunicou que a atenção para os casos de violência doméstica contra a mulher é muito importante para eles, e através da GCM trará trabalhos para diminuir os casos. Vítimas que já tem medida protetiva continuará sendo acompanhada pela guarda para que não ocorra nenhuma falha de segurança e proteção.

Os relatos de crimes contra a mulher crescem todo ano em todas as regiões nacionais, e o apoio público e político é essencial para a segurança de inúmeras mulheres que sofrem com parceiros violentos. A Secretaria de Assistência Social e da Secretaria de Segurança Pública da cidade disponibilizaram ao município variados equipamentos públicos para enfrentar esse tipo de ameaça.

Também é importante ressaltar que o apoio público como cidadão é apoiar e também zelar contra esses crimes. Confira abaixo pontos de Apoio às mulheres em situação de violência disponibilizados na cidade:

CREVIM (Centro Especializado de Atendimento a Mulheres em Situação de Violência)
Av. Celeste, 186 – Centro
Telefone: (11) 4184-6025

Delegacia da Mulher
Av. Rui Barbosa, 1582 – Centro
Telefone: (11) 4187-7183

Guarda Civil Municipal
R. João Acácio de Almeida, 150 – Jardim das Belezas
Telefone: (11) 4183-7501

Central de Atendimento à Mulher
Telefone: 180

Artigo anterior1,13m, 20 kg e muitas medalhas: conheça a mini-carateca Fifi
Próximo artigo‘Cotia que Cuida’ chega à marca de 703 óculos e 784 aparelhos auditivos entregues à população