Em Cotia, há 372 candidatos entre prefeitos, vice-prefeitos e vereadores. Para o cargo do Executivo, com a desistência de Quinzinho Pedroso no último final de semana, estão concorrendo seis candidatos.  A Revista Circuito perguntou a eles: por que os eleitores da Granja Viana devem votar em vocês? Veja as respostas, no vídeo abaixo!

Principais pontos dos Planos de Governo

Rogério Franco  – PSD / PODE / DEM / REPUBLICANOS / PMN / SOLIDARIEDADE / MDB / PATRIOTA / PV / PL

  • Criação do mapeamento georreferenciado do zoneamento urbano;
  • Sistema de consulta pública sobre o zoneamento urbano no site do município;
  • Revisão da Lei de Uso e Ocupação do Solo;
  • Revisão da Lei de Parcelamento Urbano;
  • Revisão da Lei de Posturas Municipais;
  • Criação do sistema de aprovação online de edificações residenciais.

Welington Formiga – REDE / PMB / PSC / PSB / PROS

  • Capacitação dos técnicos responsáveis por laudos e perícias em obras públicas do Município;
  • Obras estruturantes nas ruas da cidade, como construção de rotatórias;
  • Revitalização dos centros comerciais de bairro, promovendo a melhoria e expansão da região central da cidade;
  • Elaboração do Plano Municipal de Habitação, Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano, definindo ações de curto, médio e longo prazo, com participação da população, dando atenção especial para as áreas de mananciais e para as áreas de invasão;
  • Revisão do Plano Diretor de Cotia;
  • Revisão do Código de Edificações, Posturas e Urbanismo.

Silvio Cabral – Psol – PcdoB

  • Exigência da efetivação do estudo de impacto de vizinhança e de trânsito para implantação de novos empreendimentos;
  • Revisão do Plano Diretor e toda as legislações correlatas.

Marcel Muscat – PSL

  • Programa Legaliza Cotia – mutirão para regularização fundiária de imóveis em situação irregular;
  • Atualização do Código de Obras do Município;
  • Criação do programa “Nossas Nascentes” que vai remunerar produtores de água e proprietários que preservam nascentes em suas propriedades.

Zé do Boné – PT

  • Zelar para que os projetos de empreendimentos considerados polos geradores de tráfego contenham medidas para reduzir os impactos na circulação viária;
  • Promover a melhoria da mobilidade urbana, por meio do desenvolvimento de ações de transporte, trânsito e acessibilidade;
  • Criar novos corredores de trânsito com o objetivo de dar maior agilidade ao fluxo de veículos;
  • Dar continuidade à recuperação e manutenção das estradas vicinais em parceria com o Governo do Estado.

Carapicuíba

Em Carapicuíba, dos 535 candidatos, 11 concorrem ao cargo de prefeito. São eles:

O Movimento Fazendinha Viva – iniciativa dos moradores do Bolsão Residencial Fazendinha-Granja Viana, com a intenção de propor e organizar ações para benefícios comuns – entrou em contato com todos os partidos com candidatos de Carapicuíba e abriu espaço para que pudessem apresentar propostas que digam respeito ao residencial. Na pauta, estavam preservação ambiental, infraestrutura, mobilidade urbana, plano diretor e segurança, entre outros temas. Todos os candidatos tiveram a oportunidade de enviar um vídeo com até 10 minutos com suas propostas e os que enviaram foram divulgados na página no Instagram. “Nosso movimento é totalmente apartidário, e por isso está aberto a todos que tiverem propostas para o Fazendinha. Isso ajuda a colocar o Fazendinha dentro da pauta do legislativo”, afirmou Sergio Paiva, um dos organizadores do movimento, em conversa com nossa equipe.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Candidato a Prefeito

Uma publicação compartilhada por Fazendinha Viva (@fazendinhaviva) em

O atual prefeito Marcos Neves (PSDB) afirma, em seu Plano de Governo, que vai continuar as tratativas junto ao Ministério da Economia, objetivando a vinda do CEAGESP para Carapicuíba. Já o ex-prefeito Sergio Ribeiro (PT) lista criar Observatório de Segurança Municipal, além de fazer valer as Leis de Zoneamento e de Uso e Ocupação de Solo e estabelecer um Planejamento Urbano e de Mobilidade.

Professora Sonia (PSD) fala em incentivar a adoção do IPTU Verde, desenvolver políticas públicas para que as residências adotem medidas sustentáveis, criar a Rede Municipal da Acessibilidade (trânsito e transporte) e o Fundo Municipal de Defesa e Proteção Animal. A vereadora Neia Costa (PDT) disse, em seu plano de governo, que vai desenvolver operações urbanas que recuperem e protejam áreas de preservação ambiental e impeçam ocupações e reocupações de áreas de risco.

 

Por Juliana Martins Machado

Artigo anteriorCotiano lança livro para conscientizar as pessoas em ano eleitoral
Próximo artigoFrutíferas nativas: riqueza do Brasil que precisa ser conhecida