Xô desidratação, queimaduras solares e outros “perrengues”. Gesso no bracinho, nem pensar né? Pra passar longe de tudo isso, trouxemos algumas dicas de saúde e segurança da Engenheira de Segurança do Trabalho, Viviane Antunes. Seguindo os passos abaixo, as férias serão só alegria!

1) Tome bastante água para permanecer hidratado e ofereça líquidos para as crianças várias vezes ao dia.
2) Use protetor solar conforme a orientação do fabricante ou de seu dermatologista.
3) Respeite as sinalizações de segurança, praias ou parques aquáticos;
4) Criança, ao adentrar em águas paradas, calmas e rasas, devem usar de braçadeiras;
5) Crianças e adultos, ao adentrarem águas agitadas e profundas, devem usar coletes salva – vidas;
6) Não permita entrada de crianças sozinhas em piscinas. Verifique a faixa etária conforme a orientação do estabelecimento local e lembre-se que a criança não tem está interpretação mais que o adulto responsável;
7) É imporante usar pulseira de identificação infantil em local com alta população;
8) Cuidado com raios! Evite lugares abertos e, em hipótese nenhuma, permaneça na água quando a tempestade se aproxima;
9) Todo cuidado é pouco no manuseio de Fogos de Artifício. Nunca ascenda próximo ao corpo e perto dos olhos, seguir corretamente as instruções dos fabricantes;
10) Nos passeios e viagens, criança apenas no banco de trás e com cinto de segurança que também deve ser usado pelos adultos como exemplo e pela sua própria segurança.
11) Em qualquer idade, o usar patinetes, patins, bicicleta, skate entre outros equipamentos de esporte e lazer, não esqueiça dos EPI (Equipamentos de Proteção Individual).

Por Viviane Antunes, Engª de Segurança do Trabalho
e-mail: [email protected]
www.kvfengenharia.com.br/PROJETO-EDUCACIONAL.php

Artigo anteriorEmbu das Artes terá show da virada e queima de fogos
Próximo artigoGranjeiro subiu no pódio do Campeonato Brasileiro de Snowboard