Abandono de carros no Jardim da Glória

Esses carros estão abandonados há meses na Rua dos Búfalos, no Jardim da Glória… Atrapalham o trânsito e aos sábados, por ser dia de feira, acumulam mato e sujeira.
Morador

Nota da Redação
Em relação à reclamação do leitor, a Secretaria de Transportes e Trânsito de Cotia informou que encaminhou ordem de fiscalização junto ao setor competente, que tomou as devidas providências no sentido de realizar a fiscalização e a averiguação dos fatos noticiados na reclamação, “tendo como resolução um veículo recolhido ao pátio por estar estacionado de forma irregular e os demais, retirados pelos proprietários”, como dito em nota.
A Secretaria aproveitou para informar que, considerando as dimensões limítrofes do município, as fiscalizações referentes aos veículos supostamente deixados em estado de abandono são realizadas mediante denúncia, que poderá ser direcionada ao setor de atendimento ao munícipe, pelo telefone (11) 4616-1651, por processo protocolizado no CIT ou pelo e-mail setram.expediente@cotia.sp.gov.br. Após recebida a queixa, ordem de fiscalização é gerada e encaminhada ao setor competente, que determina o deslocamento de uma viatura até o local para verificação da veracidade da denúncia. “Se confirmada a informação e o veículo em questão não estiver incorrendo em infração de trânsito punível pelo Código de Trânsito Brasileiro (CTB), que enseje a sua remoção imediata da via para o Pátio Municipal (medidas administrativas cabíveis em algumas infrações de trânsito), o agente de trânsito fará uso da lei municipal nº 1961/ 2016 e lavrará uma notificação com prazo mínimo de 20 dias para o proprietário retirar o veículo do local. Após decorrido o prazo estipulado no artigo 2º da lei supramencionada, o agente de trânsito vai até o local e, se o proprietário não tiver retirado o veículo, o mesmo estará passível de ser recolhido ao Pátio Municipal”, explica a Secretaria de Transportes e Trânsito de Cotia.

 

Artigo anteriorProjeto verão: 4 dicas para preparar a casa para a estação mais quente do ano
Próximo artigoInfraestrutura sem segurança