Depois de quase dois meses, a chuva chegou!

E veio para ficar pelo menos até sábado. Reservatórios de água da região começam a respirar aliviados

Depois de cerca de 50 dias de tempo seco e alguns dias considerados quentes para o inverno, a chuva chegou em Cotia e região nesta segunda-feira. De acordo com a Defesa Civil de São Paulo,  a chuva foi intensa  também na capital, no ABC, em Guarulhos, Ibiuna e Embu das Artes.

De acordo com o Clima Tempo, a partir de agora inicia uma sequência de dias úmidos, com chuva e temperatura amena em todo o estado de São Paulo. As condições para chuva aumentam nos próximos dias e a semana deve terminar com grandes áreas de instabilidade sobre São Paulo que podem provocar chuva forte em muitas áreas do estado.

A chuva, o céu nublado e o ar frio que veio com a frente fria deixam a temperatura baixa o dia todo na Grande São Paulo. Em Cotia, os termômetros marcam 18 graus  nesta terça-feira e a previsão é de tempo nublado e chuva até sábado (4).

Mananciais

Com a chuva, quem começou a respirar mais aliviado também foram as represas que abastecem as cidades. No sistema Cantareira , que hoje está com 39,6% de sua capacidade de armazenamento de água e é  o mais crítico de São Paulo choveu 10,7 milímetros, no dia anterior registrava zero milímetros de chuva.

O Alto Cotia, que abastece a cidade de Cotia e região, na segunda feira (30) registrava zero milímetros de chuva, já nesta terça, segundo dados da Sabesp, choveu 14,4 milímetros. O sistema atualmente opera com 57,1% de sua capacidade.