Quem aqui se lembra do Nell? Aquele músico granjeiro que cria canções para conversar com o universo interior das pessoas e que deu início a uma campanha de ajuda no combate ao câncer infantil com as canções de ninar que fez para filha. Pois, agora, ele lança uma nova boa ação: metade dos royalties da canção Todo dia é dia serão revertidos para a Associação Infinity Dog.

“Eu sempre enxerguei a campanha Quer ajudar? Dá um play, como uma grande oportunidade de inovar, criando novas possibilidades e oportunidade. Eu já tinha a vontade de estender a campanha para outras causas também. Existem inúmeras ONGs que prestam um trabalho lindo”, nos contou o músico. Aliás, ele já tinha adiantado em agosto que, em breve, a campanha iria crescer e outras instituições fariam parte. Já pôs em prática.

“Eu tomei conhecimento da existência da Infinity através da casa Ronald McDonald ABC, a qual também faz parte do projeto. É uma organização sem fins lucrativos que surgiu com a missão de promover o bem-estar de pessoas assistidas por intermédio do animal e promover a pesquisa científica na área de Atividade, Terapia e Educação Assistida por animais (A/T/EAA). Eles realizam trabalhos com a Casa Ronald McDonald também. Ou seja, mesmo tendo uma outra atividade, linda por sinal, é indiretamente ligada a causa de combate ao câncer infantil”, justifica.

Assim como a campanha do GRAAC, a Associação será beneficiada com 50% dos royalties de uma canção. Ele escolheu Todo dia é dia. “Não é uma canção infantil, mas tem grande potencial para agradar todos os públicos”, acredita. A música foi composta em 2007, ou seja, não é nova, mas continua relevante, segundo ele. “Ela tem uma melodia bem suave, e a letra bem intensa, embora interpretada com leveza. Todo dia é dia de aprender a lição, que a dor é a pior lição… Todo dia é dia de vender a razão, em troca de um pouco de ilusão… esses dois versos resumem bem a música. Com um leve sarcasmo, ela propõe uma reflexão sobre o comportamento humano, sobre anseios e dificuldades do dia-a-dia”, explica.

O site dessa parceria ainda está em construção, mas você já pode dar um play na música (lembrando que, para gerar os royalties, é preciso estar logado no Spotify e ouvir mais que 30 segundos da canção), em todas as plataformas digitais, adicionar em playlists, compartilhar nas redes e nos grupos!

 

Mais uma vez, o play se transforma em doação. É só aumentar o som!

Por Juliana Martins Machado

Artigo anteriorGranja Viana ganhará reforço na segurança com novos totens
Próximo artigoPoupatempo de Cotia completa sete anos e 2 milhões de atendimentos