Se há uma coisa que ninguém sabe responder com certeza é quantas pessoas consomem vinho no Brasil e mais, com que frequência? Aliás, no Brasil, em questão de números tudo é muito nebuloso e o nosso governo não ajuda em nada nisso, lamentavelmente.

Um dos levantamentos legais que existe é o da Winext do meu amigo, o jovem e competente Rodrigo Lanari, Veja AQUI.

Eu recebi esse material e abusei de nossa amizade, pedindo algumas explicações a ele que gostaria de compartilhar com vocês. Acompanhe abaixo nosso diálogo. Aproveite.

Didú: Qual a base da pesquisa a que você se refere e período?
Lanari: A pesquisa de 2020 foi feita em outubro/2020 e a comparação é em relação ao ano anterior, ou seja outubro de 2019.

Didú: Então hoje podemos considerar que quase a metade dos brasileiros consomem vinho?
Lanari: Na Wine Intelligence consideramos a população adulta entre 18-64 anos para o cálculo do universo de consumidores. Por este cálculo temos: pop. adulta 141 milhões
consumidores vinho 83 milhões (58% – pessoas desta faixa etária que declaram consumir vinho, qualquer vinho) consumidores regulares 39 milhões (27% – consumidores que declaram consumir regularmente)

Didú: Você pode esclarecer a respeito de consumidores frequentes e esporádicos? Lanari: consumidores frequentes são os que declaram consumir vinho ao menos 1 x por mês. consumidores esporádicos são os que declaram ter consumido 1x nos últimos 6 meses

Didú: A pesquisa consegue identificar quantos são os consumidores de vinhos de mesa e de vinhos finos ?

Lanari: Não fazemos distinção entre vinho de mesa e vinho fino. Do ponto de vista do consumidor esta distinção não é clara. Mas podemos sim inferir, pois perguntamos as marcas que eles conhecem e consomem, e dividimos os seguidores por segmentos (vem aí um estudo inédito de segmentação de consumidores de mercado brasileiro) e as de mesa aparecem com bastante evidência. para quem quiser saber mais temos este detalhamento das marcas no Brazil Landscapes 2021 😉

Rodrigo Lanari: Didu, ressalvas: neste tipo de pesquisa temos que ponderar o que as pessoas declaram fazer e o que elas realmente fazem.

 


 

Didú Russo é editor do site www.didu.com.br, está no facebook (www.facebook.com/didu.russo/) e no Instagram (www.instagram.com/didu)